Argentina confirma casos de varíola na América Latina

Arquivado em: América do Norte, América Latina, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 28 de maio de 2022 as 10:44, por: CdB

Residente de Buenos Aires e visitante da Espanha são primeiros pacientes de varíola dos macacos na região. Ambos recebem tratamento sintomático e estão sob observação. Espanha revela-se epicentro da doença.

Por Redação, com DW– de Buenos Aires

O Ministério da Saúde da Argentina confirmou na sexta-feira dois casos de varíola dos macacos no país. O mais recente é de um residente da Espanha em visita à província de Buenos Aires e sem ligação com o primeiro caso detectado.

O Ministério da Saúde da Argentina confirmou dois casos de varíola dos macacos no país

“O estado geral do paciente é bom, ele está isolado e recebendo tratamento sintomático. Seus contatos próximos estão sob rigoroso acompanhamento clínico e epidemiológico, sendo todos assintomáticos até o momento”, informou o comunicado da pasta.

Trata-se dos dois primeiros casos da doença viral na América Latina. O segundo paciente, que apresenta lesões ulcerativas sem outros sintomas associados, chegara à Argentina na última quarta-feira, apresentando os primeiros sintomas no dia seguinte.

O resultado da reação de amplificação por PCR da amostra retirada deste segundo caso foi positivo, o que confirmou “infecção por poxvírus pertencentes ao grupo eurasiano-africano do gênero Orthopox”, informou o Ministério. O resultado foi consistente com a observação feita por coloração negativa por microscopia eletrônica de transmissão, onde foram detectadas partículas virais do referido gênero viral.

Espanha como epicentro

Após tê-lo relatado como suspeito no último domingo, a Argentina confirmara na própria sexta-feira o primeiro caso de varíola dos macacos na América Latina,. O residente da província de Buenos Aires, que estivera recentemente na Espanha, apresentou sintomas compatíveis com a enfermidade.

O resultado da reação de amplificação por PCR do primeiro caso foi positivo, por sua vez, o sequenciamento apresentou alta porcentagem de homologia com sequências do ramo da África Ocidental.

De acordo com a nota oficial, o paciente se encontra em bom estado de saúde, em tratamento sintomático. Seus contatos próximos estão sob controle clínico e epidemiológico sem apresentar sintomas.

A Espanha tem se revelado um epicentro da varíola dos macacos na Europa, com 98 pacientes confirmados até a sexta-feira, superados pelos 106 do Reino Unido. Portugal apresentou 74 casos, havendo também registros da infecção na Alemanha, França, Itália, Estados Unidos, Canadá e Austrália, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code