Argentina muda goleiro para amistosos com Iraque e Brasil

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 8 de outubro de 2018 as 11:31, por: CdB

Armani sofreu uma lesão muscular no domingo na partido de seu time, o River Plate, contra o Sarmiento de Resistencia, pela Copa da Argentina.

Por Redação, com Reuters – Buenos Aires/Paris

O goleiro Guido Herrera substituirá Franco Armani na seleção argentina nos amistosos com Iraque e Brasil nos dias 11 e 16 de outubro na Arábia Saudita, anunciou no domingo a Associação Argentina de Futebol (AFA).

Goleiro argentino Franco Armani

– O jogador do Talleres de Córdoba se juntará ao resto do elenco uma vez aprovados os trâmites correspondentes ao visto para a Arábia Saudita – informou a AFA em seu site.

Armani sofreu uma lesão muscular no domingo na partido de seu time, o River Plate, contra o Sarmiento de Resistencia, pela Copa da Argentina. “Distensão no músculo reto anterior da coxa direita”, disse a equipe médica oficial do clube.

O substituto de 26 anos fará sua primeira participação na seleção e acompanhará os goleiros Sergio Romero (Manchester United, da Inglaterra) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad, da Espanha).

Depois da rodada de domingo da liga argentina o atacante Cristian Pavón, do Boca Juniors, também foi descartado da escalação argentina.

– Devido a um problema físico, e de comum acordo com a equipe técnica da Argentina, ele não participará da turnê na Arábia – disse a AFA em suas redes sociais.

Gonzalo Martínez, Exequiel Palacios e Alan Franco já haviam sido dados como baixas anteriormente devido a diferentes lesões.

O técnico Lionel Scaloni, que estará provisoriamente à frente do time até que este escolha um sucessor para Jorge Sampaoli, não designou substitutos para os quatro jogadores de campo que foram descartados.

A Argentina, que começa a treinar nesta segunda-feira, enfrentará o Iraque no dia 11 e o Brasil no dia 16 de outubro.

Mbappé

O campeão mundial Kylian Mbappé marcou quatro gols em 14 minutos no segundo tempo e levou o Paris Saint-Germain a uma vitória por 5 a 0 sobre o Olympique Lyon, no domingo.

O líder PSG, já com oito pontos de vantagem sobre o Lille, ampliou sua série de vitórias para nove jogos, em partida com placar elástico depois que ambas as equipes terminaram o primeiro tempo com 10 homens.

O Lyon, que teve que substituir dois jogadores antes do intervalo devido a lesões, segurou os rivais até o começo da segunda etapa e acertou a trave com o placar em 1 a 0.

Neymar converteu um pênalti para dar ao PSG uma vantagem aos 9 minutos, mas o jogo teve contornos dramáticos quando os anfitriões tiveram Presnel Kimpembe expulso aos 32 minutos por entrada em Tanguy Ndombele.

O árbitro inicialmente deu cartão amarelo, mas mudou para vermelho após revisão do VAR.

Os números ficaram equilibrados nos acréscimos do primeiro tempo, depois que Lucas Tousart recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Mbappé e foi expulso pelo segundo jogo consecutivo.

Mbappé, então, começou seu show aos 16 do segundo tempo, marcando pela primeira vez. Ele fez mais três gols, dois deles completando jogadas de Marquinhos e Neymar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *