Argentina restringirá voos do Brasil, Chile e México

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 26 de março de 2021 as 12:09, por: CdB

A Argentina decidiu suspender voos do Brasil, Chile e México a partir deste sábado para evitar que linhagens diferentes do novo coronavírus entrem no país, enquanto se prepara para uma segunda onda de infecções.

Por Redação, com ABr e ANSA – de Buenos Aires

A Argentina decidiu suspender voos do Brasil, Chile e México a partir deste sábado para evitar que linhagens diferentes do novo coronavírus entrem no país, enquanto se prepara para uma segunda onda de infecções.

Na quinta-feira, o governo informou, em comunicado, que as medidas, que incluem exames e isolamento obrigatório de cidadãos voltando de outras regiões, entrarão em vigor amanhã.

“Até segunda ordem, voos rotineiros do Chile, Brasil e México serão suspensos”, disse o comunicado. Uma diretriz semelhante para voos do Reino Unido já está em vigor.

Período de quarentena

Também será exigido um período de quarentena obrigatória para todos que chegarem: estrangeiros deverão cumprir o prazo em um hotel e cidadãos deverão permanecer isolados em suas casas.

O temor do governo é que o descontrole de casos no território brasileiro também avance no país. Há algumas semanas há uma alta constante na quantidade de novas contaminações.

A Argentina, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, já registrou 2.278.115 casos de covid-19 e 55.092 mortes pela doença. Já conforme o portal Our World in Data, foram aplicadas 3,3 milhões de doses das vacinas anticovid liberadas no país, o que equivale a 6% da população. .