Argentina: seguranças prendem homem armado em palácio presidencial

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 13 de maio de 2019 as 15:06, por: CdB

Depois que autoridades confirmaram que a reunião não estava agendada, ele tentou partir deixando a pasta. O comunicado diz que Muñiz foi detido por agentes de segurança, mas não dá maiores detalhes.

Por Redação, com Reuters – de Buenos Aires

Seguranças da Casa Rosada, o palácio presidencial da Argentina, prenderam nesta segunda-feira um homem que portava uma arma e dizia ter uma reunião com o presidente Mauricio Macri, informou seu escritório em um comunicado.

Policial faz patrulha em frente à Casa Rosada, em Buenos Aires

Agentes de segurança disseram que Francisco Ariel Muñiz, de 36 anos, tentou entrar no edifício com um revólver Magnum Taurus calibre 44 dentro da pasta e que disse a autoridades que tinha um compromisso com o líder de centro-direita.

Depois que autoridades confirmaram que a reunião não estava agendada, ele tentou partir deixando a pasta. O comunicado diz que Muñiz foi detido por agentes de segurança, mas não dá maiores detalhes.

Macri, que tomou posse em 2015, tentará a reeleição em outubro, o que provavelmente será uma batalha muito disputada, ele vem caindo nas pesquisas de opinião em um momento de inflação alta e queda do peso que vem prejudicando os eleitores da nação em recessão.

Um ataque na semana passada diante do Congresso provocou a morte de um parlamentar de alto escalão e um assessor, mas as autoridades e a mídia locais indicaram que o motivo do ataque a tiros de “estilo mafioso” foi pessoal, e não político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *