Argentina suspende vistos devido ao coronavírus

Arquivado em: América do Norte, América Latina, Ásia, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 12 de março de 2020 as 14:13, por: CdB

A decisão do governo argentino, publicada no Diário Oficial, veio um dia depois da Organização Mundial da Saúde (OMS) qualificar o coronavírus como pandemia.

Por Redação, com Reuters – de Buenos Aires

A Argentina suspendeu nesta quinta-feira, de maneira temporária, a emissão de vistos para pessoas provenientes de China, Estados Unidos, Coreia do Sul, Japão, Irã, Reino Unido, União Europeia e os países do área Schengen para evitar o avanço dos casos de coronavírus no país sul-americano.

Argentina suspende vistos devido ao coronavírus, capital proibirá público em eventos esportivos
Argentina suspende vistos devido ao coronavírus, capital proibirá público em eventos esportivos

A decisão do governo argentino, publicada no Diário Oficial, veio um dia depois da Organização Mundial da Saúde (OMS) qualificar o coronavírus como pandemia.

“A propagação rápida do novo coronavírus (Covid-19) em nível mundial motivou a Direção Nacional de Migrações a tomar medidas vinculadas à prevenção do contágio do vírus na República Argentina”, explicou o organismo migratório na publicação.

Eventos esportivos

Por sua vez, o governo da cidade de Buenos Aires, a capital argentina, anunciou também nesta quinta-feira que proibirá a presença do público em eventos esportivos, assim como a realização de atividades que concentrem pessoas, para evitar contágios de coronavírus, segundo a agência estatal local Télam.

Segundo dados do Ministério da Saúde argentino atualizados até quarta-feira, foram registrados 21 casos de coronavírus no país, todos em pessoas que viajaram ao exterior nas últimas semanas, em particular à Europa. Entre elas, uma pessoa faleceu.

Na véspera, o Ministério do Turismo e dos Esportes argentino suspendeu quatro eventos esportivos internacionais como medida preventiva contra a doença.

Mais de 119,1 mil pessoas já foram infectadas pelo coronavírus em todo o mundo e 4.298 morreram, a grande maioria na China, segundo uma contagem de quarta-feira da Reuters.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *