Arqueólogos acham a escada mais antiga da Europa

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 13 de outubro de 2004 as 08:31, por: CdB

A escada mais antiga da Europa foi descoberta por arqueólogos nas pré-hitóricas minas de sal de Hallstatt, na região alpina de Alta Áustria. A escada é do século XIII antes da nossa era.

Segundo a imprensa austríaca, os especialistas qualificam de “sensacional” o achado, produto de escavações arqueológicas sob uma área de escombros da mina, onde também foram encontrados restos de milhares de tochas, assim como vestígios de gorros de pele e excrementos humanos.

A escada conservada pelo sal, feita de madeira de abetos alpinos, está a 500 metros no interior da mina e a cerca de 100 metros de profundidade, sob um caminho freqüentado hoje em dia por milhares de turistas ao ano.

Até agora foram escavados três metros da escada, cujo princípio e fim ainda não se conhecem, e será necessário esperar uma nova campanha de escavações no próximo ano para conhecer suas dimensões exatas.

Na região de Hallstatt, declarada patrimônio cultural da humanidade em 1997 pela Unesco, são exploradas as minas de sal há cerca de 7 mil anos.