Assalto a carro forte acaba em tiroteio no Rio de Janeiro

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019 as 13:49, por: CdB

Segundo a PRF, os assaltantes vestiam uniformes do Batalhão de Operações Especiais. Eles levaram o carro forte, mas não conseguiram abrir o cofre.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

O assalto a um carro forte na Rodovia Rio-Santos (BR-101), no sul fluminense, terminou em tiroteio, na altura do km 478, em Angra dos Reis. Durante a troca de tiros, a via foi fechada, por volta das 10h25. A estrada só foi reaberta por volta de 12h45, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Assalto a carro forte acaba em tiroteio e fecha Rio-Santos por 2 horas

Segundo a PRF, os assaltantes vestiam uniformes do Batalhão de Operações Especiais. Eles levaram o carro forte, mas não conseguiram abrir o cofre.

Um carro chegou a ser incendiado, e motoristas retornaram na contramão para fugir dos tiros. Os quatro seguranças que estavam no carro forte não ficaram feridos durante a tiroteio.

Carros roubados

A Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) fizeram, na terça-feira , uma operação em 18 ferros-velhos na Zona Oeste do Rio de Janeiro para combater a venda de peças de carros roubados. Entre os itens encontrados estão chassis, motores e outras peças.

O material apreendido lotou um caminhão. Nenhuma das portas tinha vidros, o que é uma estratégia dos criminosos, de acordo com Alessandro Petralanda, delegado titular da DRFA. O vidro traz impresso o número do chassi, podendo ser possível comprovar os crimes de roubo e furto.

– Eles cortam o carro nas comunidades e depois tiram vidro e motor, que tem a identificação do veículo, para as peças não identificáveis serem colocadas em pequenos caminhõezinhos, e levados para os ferros velhos. Boa parte dos roubos dos carros do Rio de Janeiro, como apontam a investigação, são para abastecer ferros velhos como este aqui – disse Petralanda.

O dono do ferro velho na Taquara, na Zona Oeste, não quis se pronunciar.

Tonelada de maconha

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã de domingo cerca de 1,2 mil tabletes de maconha, que pensavam ao todo 1,1 toneladas. A droga foi encontrada dentro de um caminhão que trafegava pela Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na altura de Seropédica, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

O veículo tem placa de São Paulo e seguia em sentido à capital fluminense. Ao abordá-lo, os policiais decidiram fazer uma revista minuciosa na carga após notar o nervosismo do motorista. A maconha estava escondida debaixo dos palletes.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista confessou que receberia R$ 1,5 mil para levar a droga de Guarulhos (SP) até um posto de combustível no bairro Jardim América, na zona norte do Rio de Janeiro. O homem, de 40 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *