Ataque à casa de parlamentar afegão termina com pelo menos quatro mortos

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 8 de junho de 2018 as 14:03, por: CdB

O ataque aconteceu na madrugada desta sexta-feira na cidade de Jalalabad, a capital da província, quando um grupo de atacantes equipado com coletes carregados de explosivos

Por Redação, com EFE – de Cabul:

Dois civis, um policial e um agressor foram mortos em um ataque à casa de um parlamentar na província de Nangarhar, no Afeganistão, onde cinco pessoas também ficaram feridas, informou, nesta sexta-feira, uma fonte oficial à Agência Efe.

Dois civis, um policial e um agressor foram mortos em um ataque à casa de um parlamentar na província de Nangarhar, no Afeganistão

O ataque aconteceu na madrugada desta sexta-feira na cidade de Jalalabad; a capital da província, quando um grupo de atacantes equipado com coletes carregados de explosivos atacou a residência do deputado Faridoon Momand; que no momento não estava no local, disse o porta-voz do governador de Nangarhar, Attaullah Khogyanai.

– Durante o ataque, um policial e dois civis faleceram. E cinco civis, incluindo uma criança, ficaram feridos – afirmou Khogyanai.

Os assaltantes abriram fogo contra um policial que vigiava o edifício; o matando, e tentaram entrar na casa, mas foram impedidos pelos guardas, disse o porta-voz.

Ataque

Segundo a mesma fonte, durante o ataque também faleceu um dos atacantes; enquanto um número desconhecido de assaltantes se refugiaram em uma casa vizinha a do ministro; onde mataram dois civis, um homem e uma mulher.

A operação de busca de atacantes nos edifícios próximos continua, explicou Khogyanai.

Por enquanto, nenhum grupo reivindicou o ataque; em uma província que faz fronteira com o Paquistão; que é uma das zonas mais inseguras do Afeganistão.

Nela operam os talibãs e o Estado Islâmico (EI); que tem nesta região o seu principal bastião no país asiático, e sua capital é habitual palco de ataques terroristas contra alvos civis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *