Ataque a comboio da ONU mata embaixador italiano no Congo

Arquivado em: África, Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021 as 10:46, por: CdB

O comboio da Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo (Monusco) foi atacado nesta segunda-feira em Goma, cidade no leste do país, e o embaixador italiano, Luca Attanasio, foi morto.

Por Redação, com ANSA – de

O comboio da Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo (Monusco) foi atacado nesta segunda-feira em Goma, cidade no leste do país, e o embaixador italiano, Luca Attanasio, foi morto, informaram fontes à agência italiana de notícias ANSA, , em notícia confirmada posteriormente pelo Ministério das Relações Exteriores.

Luca Attanasio e um militar italiano morreram no ataque na RDC

Também um militar da Arma dos Carabineiros que estava no veículo faleceu. Ainda não se sabe quem realizou o atentado ou qual o motivo, apenas que os carros da comitiva das Nações Unidas foram o alvo.

Segundo as primeiras informações, também o chefe da delegação da União Europeia estava entre os ocupantes do veículo.

A Monusco

A Monusco foi criada em julho de 2010 com a missão de proteger os civis, as instituições humanitárias e defensores dos direitos humanos no país durante o processo de estabilização do governo. A missão é liderada pela representante especial da ONU, Bintou Keita, que há anos trabalha na instituição com foco na África.

A região leste da RDC é considerada bastante problemática por conta da presença maciça de grupos armados das mais diferentes vertentes, que atacam tanto a população civil como as ONGs internacionais que atuam na área para ajudar a fornecer ajuda humanitária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code