Ataque de drone dos EUA deixa mortos no Afeganistão

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 8 de março de 2018 as 13:38, por: CdB

Dois funcionários da inteligência paquistanesa disseram que o ataque, realizado em um vilarejo chamado Saresha Sultan Shah na quarta-feira, matou pelo menos duas

Por Redação, com Reuters – de Cabul:

Um suposto ataque de um drone dos Estados Unidos contra um campo de treinamento localizado em uma parte isolada de Kunar, província do leste do Afeganistão, matou pelo menos 20 membros do Talebã paquistanês que se preparavam para realizar atentados suicidas no Paquistão, disseram autoridades.

Um suposto ataque de um drone dos Estados Unidos contra um campo de treinamento localizado em uma parte isolada de Kunar

Dois funcionários da inteligência paquistanesa disseram que o ataque; realizado em um vilarejo chamado Saresha Sultan Shah na quarta-feira; matou pelo menos duas figuras do alto escalão do grupo; além de alguém que se acredita ter sido um treinador de homens-bomba.

O Talebã paquistanês, também conhecido como Tehrik-i Taliban Pakistan ou TTP; é independente do Talebã afegão e reúne uma série de grupos que combatem o governo de Islamabad. O Departamento de Estado do EUA o incluiu em uma lista de organizações terroristas estrangeiras.

No mês passado um suposto ataque com uma aeronave de controle remoto do lado paquistanês da fronteira matou o vice-líder do TTP; que vem realizando uma campanha de ataques a bomba; e de outros tipos contra forças paquistanesas.

Os funcionários

Os funcionários da inteligência paquistanesa disseram que o ataque em Kunar, uma província subdesenvolvida e densamente arborizada na divisa entre os dois países, ocorreu durante uma visita de duas autoridades graduadas do TTP que antecedeu o envio de militantes ao Paquistão.

Eles disseram que a ação matou Gul Mohammad, líder do TTP na Agência Bajaur; na fronteira afegã, e Qari Yaseen; que autoridades descreveram como um “mestre no treino de homens-bomba”. Um filho do líder do TTP, Fazlullah Khorasani, também morreu, acrescentaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *