Ataque do Irã no Iraque foi retaliação à ofensiva de Israel contra fábrica de drones

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 17 de março de 2022 as 10:51, por: CdB

Relata-se que o ataque foi realizado a partir do Irã. Mais tarde, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) assumiu a responsabilidade pelo ataque, que, segundo eles, tinha como alvos dois centros de treinamento do Mossad para as forças israelenses.

Por Redação, com Sputnik – de Teerã

O recente ataque do Irã na cidade iraquiana de Arbil foi realizado em retaliação a anterior investida secreta de Israel contra uma fábrica de drones iraniana.

Ataque do Irã no Iraque foi retaliação à ofensiva de Israel contra fábrica de drones, diz mídia

Agência iraniana IRNA informou que 12 foguetes caíram perto do consulado dos EUA e da estação de TV Kurdistan 24 na cidade de Arbil na madrugada de domingo.

Relata-se que o ataque foi realizado a partir do Irã. Mais tarde, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) assumiu a responsabilidade pelo ataque, que, segundo eles, tinha como alvos dois centros de treinamento do Mossad para as forças israelenses.

Instalação militar

De acordo com o The New York Times, em 12 de fevereiro seis drones suicidas israelenses atacaram a instalação militar iraniana perto da cidade de Kermanshah. Segundo o jornal, na sequência do ataque foram destruídas dezenas de drones militares iranianos.

Não se sabe exatamente se os Estados Unidos desempenharam algum papel nesta operação de Israel em fevereiro.

Em 2021, o aeroporto de Arbil, que abriga forças norte-americanas, foi atacado diversas vezes. Um ataque de drone, em julho do ano passado, chegou a disparar sirenes no consulado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code