Ataque a tiros deixa mortos e feridos, em Itaboraí

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 13 de dezembro de 2021 as 11:36, por: CdB

O caso ocorreu em um bar na Rua José Leandro, no bairro Retiro São Joaquim. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. Uma perícia foi realizada no local e imagens de segurança estão sendo analisadas para identificar os autores do crime, cujas causas ainda são desconhecidas.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Um ataque a tiros deixou cinco mortos e dois feridos em um bar em Itaboraí, no Grande Rio, segundo informações da Polícia Civil. De acordo com a Polícia Militar, cinco homens armados desceram de um veículo, atiraram nas vítimas que estavam no estabelecimento e depois fugiram.

Ataque a tiros deixa cinco mortos no Grande Rio

O caso ocorreu domingo em um bar na Rua José Leandro, no bairro Retiro São Joaquim. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Uma perícia foi realizada no local e imagens de segurança estão sendo analisadas para identificar os autores do crime, cujas causas ainda são desconhecidas.

Milícia

Policiais civis da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) prenderam em flagrante, no sábado, cinco pessoas ligadas à milícia, que exploravam a cobrança de estacionamento em praias da Zona Oeste do Rio. Os criminosos já vinham sendo monitorados pela equipe da delegacia.

Segundo as investigações, que começaram após um registro de extorsão realizado na 42ª DP, o grupo dominava a orla no trecho entre a Prainha e a Barra de Guaratiba, cobrando taxas aos banhistas que desejavam estacionar seus veículos em via pública. Os valores cobrados variavam conforme o local, indo de R$ 10,00 a R$ 50,00.

Os policiais percorreram a orla e observaram a atuação dos criminosos. Eles foram abordados e capturados na Praia de Grumari. Conduzidos à delegacia, eles confirmaram que são obrigados a pagar taxas para a milícia para poderem trabalhar na região.

Milicianos são presos após extorquir dinheiro de comerciantes

Policiais civis da 50ª DP (Itaguaí) e militares, prenderam em flagrante, no sábado, dois milicianos que estavam extorquindo dinheiro de comerciantes que atuam na região de Chaperó.

Após tomar conhecimento do fato, os agentes foram ao local para prender os suspeitos, que circulavam em um veículo. Durante a ação, os policiais interceptaram o carro e abordaram os ocupantes. Dentro do automóvel, os agentes encontraram a quantia de R$ 1.183 em dinheiro.

A dupla foi conduzida para a unidade policial e autuado nos crimes de extorsão e formação de quadrilha.

Após a ação, eles foram encaminhados para o sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça

Chefe do tráfico de drogas

Policiais civis da 17ª DP (São Cristóvão) prenderam, no domingo, um homem conhecido como “Piu”, apontado como o chefe do tráfico de drogas das comunidades da Lapa e Frei Caneca, no Centro do Rio de Janeiro. Ele foi capturado em um shopping na Zona Norte da cidade.

As investigações iniciaram após a prisão de um dos integrantes da facção, em fevereiro deste ano, onde foram apreendidas diversas armas utilizadas em invasões das comunidades rivais. Os agentes verificaram que o acusado comandava o tráfico de drogas e fazia negociações e distribuição de armas e entorpecentes para áreas comandadas pela organização criminosa.

De acordo com os policiais, o traficante estava foragido há seis anos do sistema penitenciário. Contra ele foram cumpridos três mandados de prisão pendentes.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code