Atiradores matam parlamentar governista na Venezuela

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de janeiro de 2018 as 10:14, por: CdB

Falando durante uma transmissão de horas na TV, Maduro alegou que Lucena, pai de três crianças, havia sido atacado por razões políticas

Por Redação, com Reuters – de Caracas:

Um parlamentar governista da poderosa Assembleia Constituinte da Venezuela foi morto a tiros no oeste do país por dois atiradores em uma motocicleta, disseram autoridades na quinta-feira.

Um parlamentar governista da poderosa Assembleia Constituinte da Venezuela foi morto a tiros no oeste do país

O advogado Tomas Lucena, de 31 anos, estava em sua caminhonete com parentes na tarde de quarta-feira; quando foi baleado diversas vezes. Ele morreu em um hospital no Estado de Trujillo; informou a procuradoria em comunicado.

Relativamente desconhecido na política venezuelana, Lucena era um dos 545 membros da Assembleia Constituinte criada no final do ano passado; pelo presidente socialista Nicolás Maduro; em uma ação amplamente condenada por potências ocidentais e países latino-americanos.

Maduro

Falando durante uma transmissão de horas na TV, Maduro alegou que Lucena, pai de três crianças, havia sido atacado por razões políticas.

– Ele foi morto por matadores de aluguel da ala direita – disse Maduro. “Violência aqui, violência lá… dirigida pela embaixada dos Estados Unidos”, acrescentou, sem dar mais detalhes.

O Departamento de Estado norte-americano não respondeu de imediato a um pedido de comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *