Atiradores matam membros de família mórmon no México

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 5 de novembro de 2019 as 12:00, por: CdB

As vítimas pertenciam à família LeBaron, associada a uma comunidade mórmon que se estabeleceu no norte do México décadas atrás.

Por Redação, com Reuters – da Cidade do México

Ao menos três mulheres e seis crianças, de uma família mórmon, todas aparentemente cidadãs dos EUA, foram mortas numa emboscada no norte do México por pistoleiros de um cartel de drogas, disseram autoridades nesta terça-feira. Seis crianças foram encontradas viva, uma delas com um ferimento a bala e outra criança foi considerada desaparecida.

Destroços de carro que transportava família mórmon que vivia no México perto da fronteira com os EUA
Destroços de carro que transportava família mórmon que vivia no México perto da fronteira com os EUA

Segundo a mídia mexicana, as vítimas pertenciam à família LeBaron, associada a uma comunidade mórmon que se estabeleceu no norte do México décadas atrás, e todos os mortos, assim como outros familiares desaparecidos, podem ser cidadãos dos Estados Unidos.

Os governos dos Estados de Chihuahua e Sonora, que fazem fronteira com os EUA, emitiram um comunicado conjunto breve na noite de segunda-feira dizendo que uma investigação sobre o incidente foi iniciada e que algumas pessoas foram dadas como mortas e outras como desaparecidas.

O comunicado, que ressaltou que forças de segurança federais e locais adicionais estão sendo enviadas à área próxima da divisa entre os dois Estados mexicanos, não deu maiores detalhes.

Crime

A televisão local mostrou imagens de um veículo queimado que pode ter pertencido à família, e o familiar e ativista local Julian LeBaron disse que o incidente foi um “massacre”, segundo uma citação, acrescentando que alguns familiares foram queimados vivos.

A assessoria de imprensa da embaixada do México nos EUA não respondeu de imediato a um pedido de maiores informações após o expediente.

O embaixador norte-americano no México, Christopher Landau, viajou a Sonora no início da segunda-feira para reuniões de trabalho, como informou no Twitter.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *