Ativistas usam caminhão de bombeiro para lançar tinta vermelha em ministério britânico

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 3 de outubro de 2019 as 12:16, por: CdB

Ativistas contra a mudança climática usaram um caminhão de bombeiro para lançar tinta vermelha na fachada do Ministério das Finanças britânico.

Por Redação, com Reuters – de Londres

Ativistas contra a mudança climática usaram um caminhão de bombeiro para lançar tinta vermelha na fachada do Ministério das Finanças britânico, nesta quinta-feira, na tentativa de chamar atenção para o que denunciam como a incapacidade do governo para evitar um cataclismo climático iminente.

Manifestantes lançam tinta vermelha no prédio do Ministério das Finanças do Reino Unido
Manifestantes lançam tinta vermelha no prédio do Ministério das Finanças do Reino Unido

Os ativistas usaram uma mangueira, mas em certo momento perderam o controle do jato de tinta.

Após o lançamento, quatro deles ficaram de pé no alto do caminhão, que tinha um cartaz com a frase “Parem de financiar a morte do clima”. A escadaria do Tesouro ficou encharcada de tinta vermelha.

Extinção

O grupo Rebelião contra a Extinção disse que os ativistas lançaram 1.800 litros de sangue falso no Tesouro. Eles também picharam o slogan “Parem de financiar a morte do clima” nas paredes do edifício.

“O Tesouro está frustrando os esforços de outros departamentos do governo para agir contra a mudança climática porque só se importa com o crescimento econômico”, disse um dos ativistas, chamado Ben, à agência inglesa de notícias Reuters.

“Ele não vê que o crescimento econômico eterno leva à morte do clima”.

“O vermelho simboliza as pessoas morrendo agora no sul global e também as pessoas que começarão a morrer em todo o mundo por causa da mudança climática se não fizermos nada”.

A polícia disse ter prendido quatro pessoas pela suspeita de dano criminoso e que algumas ruas foram fechadas. No local, a polícia ficou em dúvida sobre o que fazer com o caminhão de bombeiro, já que o motorista levou as chaves.

O caminhão foi comprado no eBay, disseram os ativistas à Reuters.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *