Atleta japonês pode ser banido do esporte por adulterar bebida de rival

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 10 de janeiro de 2018 as 10:59, por: CdB

Yasuhiro Suzuki se desculpou por colocar Seiji Komatsu sob “suspeita injustificada” ao adulterar sua bebida, o que fez com que Komatsu fosse reprovado em um exame

Por Redação, com Reuters – de Tóquio:

Um canoísta de velocidade japonês pode ser banido do esporte após admitir ter adulterado a bebida de um rival com um esteroide anabolizante para acabar com os sonhos olímpicos do adversário, relatou nesta quarta-feira a agência de notícias Kyodo.

Yasuhiro Suzuki

Yasuhiro Suzuki se desculpou por colocar Seiji Komatsu sob “suspeita injustificada” ao adulterar sua bebida; o que fez com que Komatsu fosse reprovado em um exame antidoping em uma competição nacional em setembro.

– Em vez de trabalhar duro, eu cometi um ato irregular como um atleta e, além disso; como um membro da sociedade – disse Suzuki em comunicado divulgado por seu advogado.

Suzuki, que recebeu uma suspensão de oito anos da agência antidoping do país; enfrenta um banimento vitalício da Federação de Canoagem do Japão (JCF) após o incidente.

Komatsu

Komatsu foi provisoriamente suspenso após não passar em um teste antidoping, mas o atleta de 25 anos foi autorizado a retomar sua tentativa de classificação aos Jogos Tóquio 2020 após a confissão de Suzuki durante investigação da JCF.

– No início não pude acreditar que este tipo de coisa aconteceria no Japão – disse Komatsu, revelando que havia de fato desistido de seus sonhos para a Olimpíada de 2020. “Até o sr. Suzuki confessar, eu estava em um estado mental ruim. Eu comecei a ficar desesperançoso sobre competir na Olimpíada de Tóquio, que era impossível”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *