Aumenta a chance de Lula cumprir prisão domiciliar a partir de abril

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 25 de março de 2019 as 14:09, por: CdB

Lula encontra-se preso em Curitiba há quase um ano, condenado a 12 anos e um mês no processo julgado pelo ex-juiz Sérgio Moro, hoje ministro do governo Bolsonaro.

Por Redação – de São Paulo

A força do movimento Lula Livre! e a ação dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva junto às cortes de Justiça, segundo afirmou um dos coordenadores da defesa do líder petista à reportagem do Correio do Brasil, em condição de anonimato, elevam as chances de uma prisão domiciliar, “já a partir do mês que vem”, disse.

O ex-presidente Lula, cozinheiro de mão cheia, será homenageado com um churrasco; em frente ao tríplex no Guarujá
O ex-presidente Lula poderá receber a família no sítio às margens da Represa Billings

— Estão autorizadas as obras necessárias na propriedade da família de Lula, pela Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo. Trata-se de um pequeno sítio, às margens da represa Billings. Um local tranquilo para que o ex-presidente possa receber a família e viver uma vida reclusa, mas com os cuidados necessários a alguém da idade dele — disse a fonte.

Lula encontra-se preso em Curitiba há quase um ano, condenado a 12 anos e um mês por supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Nenhuma prova foi anexada aos autos do processo que, agora, passa a ser discutido em instâncias superiores.

— O tempo que cumpriu, na sede da Superintendência da Polícia Federal, na capital paranaense, é suficiente para sustentar o pedido de prisão domiciliar — acrescentou.

Na V Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o colegiado analisará o recurso da defesa, com o pedido para redução de pena. O Supremo Tribunal Federal (STF), por sua vez, confirmou o debate sobre a constitucionalidade da prisão a partir de segunda instância, no próximo dia 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *