Austrália intensifica defesas contra incêndios florestais

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 7 de janeiro de 2020 as 11:54, por: CdB

Bombeiros da Austrália aproveitaram uma pausa na elevação das temperaturas nesta terça-feira para reforçar as linhas de contenção ao redor de incêndios florestais enormes.

Por Redação, com Reuters – de Sydney

Bombeiros da Austrália aproveitaram uma pausa na elevação das temperaturas nesta terça-feira para reforçar as linhas de contenção ao redor de incêndios florestais enormes, e os custos financeiros e ambientais da crise só aumentam.

Fumaça de incêndio florestal na Austrália vista de navio da Marinha
Fumaça de incêndio florestal na Austrália vista de navio da Marinha

Mais de 10,3 milhões de hectares de terras foram devastados pelas chamas em todo o país nas últimas semanas, de acordo com os dados mais recentes, e o sudeste foi particularmente atingido.

Imagens do satélite japonês Himawari 8 e do Observatório da Terra da Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa) publicadas na internet mostraram colunas de fumaça dos incêndios chegando até a América do Sul.

Os bombeiros estão aproveitando alguns dias de temperaturas mais amenas no sudeste para se prepararem para a volta já prevista do calor e dos ventos no final desta semana, que devem atiçar os incêndios existentes e provocar outros.

A estação de incêndios

– Precisamos continuar vigilantes – disse Andrew Crisp, comissário da administração de emergências do Estado de Vitória, aos repórteres.

– Estamos conversando sobre condições benignas, e o incêndio é suprimido, mas ainda está lá. Ainda está extremamente seco.

A estação de incêndios florestais da Austrália começou mais cedo do que o normal em 2019 após uma seca de três anos que deixou as terras selvagens do país vulneráveis ao fogo.

Milhares de pessoas ficaram desabrigadas, e muitos moradores de cidades rurais passaram dias sem eletricidade, telecomunicações e, em alguns casos, água potável. Os esforços de resgate e apoio coordenados pelos militares estão em andamento.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, disse que a crise terá um impacto econômico considerável, e o secretário do Tesouro, Josh Frydenberg, se reuniu com os executivos-chefes das seguradoras Insurance Australia Group, Suncorp Group e QBE Insurance Group e com os chefes locais da alemã Allianz e da suíça Zurich Insurance Group, além dos chefes do Commonwealth Bank of Austrália e do Westpac Banking Group.

Na segunda-feira, Morrison anunciou um investimento de 1,39 bilhão de dólares para uma recém-criada Agência Nacional de Recuperação de Incêndios Florestais.

O Conselho de Seguradoras da Austrália elevou sua estimativa de indenização de danos dos incêndios para mais de US$ 700 milhões australianos, e se acredita que os pedidos de indenização aumentarão quando mais áreas atingidas pelo fogo se tornarem acessíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *