Banco Digital x Banco Tradicional: Entenda as principais diferenças entre eles

Arquivado em: Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de março de 2021 as 10:47, por: CdB

 

Da Redação

A tecnologia já transformou a forma como os brasileiros lidam com dinheiro. Antes, as pessoas eram obrigadas a escolher alguma das instituições financeiras convencionais no país, ficando reféns das regulamentações comuns aos bancos tradicionais.

No entanto, com a ascensão dos bancos digitais, o jogo mudou. Agora, as pessoas têm sido atraídas por tarifas mais baixas e pela comodidade de realizar todas as transações online.

O que muita gente não sabe é que as diferenças entre os bancos tradicionais e os bancos digitais não param por aí. Por isso, antes de escolher mudar de instituição financeira é importante ficar atento às vantagens e desvantagens de ter uma conta em cada um desses bancos.

As inovações do Banco Digital

Como o próprio nome indica, o funcionamento dos bancos digitais ocorre apenas de forma on-line. Por isso, todas as movimentações financeiras são realizadas através de aplicativo ou site, já que o objetivo é tornar o uso do banco o mais rápido e simples possível.

Aliás, essa é uma das vantagens que mais atraem os correntistas – a comodidade. De acordo com uma pesquisa realizada pelas empresas Exceda e Cantarino Brasileiro, 52% dos 1.004 entrevistados consideram essa característica como fator decisivo para optar por esse tipo de banco.

Além disso, a isenção de pagamento de taxas cobradas sobre movimentações financeiras e manutenção da conta também ajudaram a impulsionar a fama dos bancos digitais.

Outro fator importante na escolha pelo banco digital é a pouca burocracia. Embora cada instituição tenha seu próprio regulamento, todos os bancos digitais compartilham um processo de abertura simplificado, realizado de forma totalmente online.

Além disso, geralmente esses bancos também apresentam opções de investimentos mais interessantes do que os bancos tradicionais, o que atrai os investidores.

Por outro lado, a falta de uma agência física, especialmente quando é necessário resolver algum problema, ainda causa insegurança nas pessoas.

No entanto, apesar de não oferecer atendimento presencial, esses bancos digitais funcionam com atendimento online via chat e telefone. Alguns deles também possuem agências físicas, localizadas em cidades específicas.

Vale ressaltar que já existem vários bancos digitais atuantes no mercado brasileiro. Apesar de todos apresentarem a mesma estrutura, cada um deles possui características específicas que os diferenciam. Por isso, antes de abrir uma conta num banco digital, é importante conferir o comparativo entre eles.

O Banco Tradicional também oferece vantagens

Diante das facilidades proporcionadas pelos bancos digitais, os entusiastas dizem que o tempo do banco tradicional já acabou. No entanto, isso não é verdade. Para muitas pessoas, a longevidade e trajetória desses bancos no mercado promovem muito mais segurança quando o assunto é dinheiro.

Além disso, a possibilidade de ter acesso a uma agência física na maioria das cidades do país também é bastante atraente. Afinal, isso permite que o correntista saque dinheiro com mais facilidade e consiga resolver algum eventual problema diretamente com o funcionário do banco.

Em contrapartida, os bancos tradicionais oferecem todos aqueles problemas que já são conhecidos da população, como tarifas mais altas, burocracia e a necessidade de encarar filas para resolver alguns problemas.

 

Qual deles é o melhor?

A resposta para essa pergunta é totalmente pessoal, já que ambos possuem vantagens e desvantagens. Porém, para fazer a escolha certa, o ideal é refletir sobre o seu perfil enquanto usuário de banco.

Se você não tem problema em resolver todas as operações financeiras de forma online, o banco digital é uma boa opção. Caso contrário, é melhor optar pela comodidade do banco tradicional. Outra possibilidade é abrir uma conta nos dois bancos, utilizando cada uma delas com uma finalidade diferente.

Vale ressaltar que os bancos tradicionais já perceberam que é necessário se adaptar à digitalização das operações financeiras para reter os clientes.

Afinal, os mais jovens, bem como as pessoas que não tem muito tempo disponível, já compõem o principal público dos bancos digitais, uma vez que esse público é atraído pela comodidade e facilidade para lidar com tecnologias. Por isso, espere cada vez mais serviços sendo oferecidos através de apps e sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code