Bayern, Inter e Real unem forças para impulsionar assistência médica na Itália e Espanha

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 19 de maio de 2020 as 13:25, por: CdB

Real Madrid, Bayern de Munique e Inter de Milão anunciaram um mini torneio chamado “Copa da Solidariedade Europeia – Futebol para Heróis”, para arrecadar fundos para serviços de assistência médica na Itália e na Espanha.

Por Redação, com Reuters – de Madri/Berlim/Milão

Real Madrid, Bayern de Munique e Inter de Milão anunciaram um mini torneio chamado “Copa da Solidariedade Europeia – Futebol para Heróis”, para arrecadar fundos para serviços de assistência médica na Itália e na Espanha, que estão sobrecarregados pela pandemia de covid-19.

Real Madrid, Bayern de Munique e Inter de Milão anunciaram um mini torneio chamado “Copa da Solidariedade Europeia - Futebol para Heróis”
Real Madrid, Bayern de Munique e Inter de Milão anunciaram um mini torneio chamado “Copa da Solidariedade Europeia – Futebol para Heróis”

Em declarações separadas, os clubes anunciaram que os jogos acontecerão em cada um dos estádios e arrecadarão dinheiro para aumentar os recursos de saúde na Itália e na Espanha, mas não na Alemanha.

“As receitas líquidas dos três jogos serão doadas para instalações médicas na Itália e na Espanha”, afirmou o comunicado do Bayern.

“O FC Bayern vê sua contribuição como um símbolo de apoio a uma Europa unida, na qual todos assumem responsabilidade pelo outro.”

O presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, acrescentou: “Apesar de todo o sofrimento e todos os problemas, nós, na Alemanha, talvez sejamos felizardos de que nosso sistema de saúde esteja se mostrando resiliente nessa crise.”

– Mas também vimos imagens horríveis da Itália e da Espanha, os dois países entre os mais atingidos pela pandemia na Europa – disse.

Itália

A Itália é o segundo país europeu mais afetado pelo coronavírus, atrás do Reino Unido, com mais de 32 mil mortos. A Espanha vem em terceiro, com mais de 27 mil pessoas mortas pelo vírus.

A Alemanha registrou 8.007 mortes, apesar de ter a maior população da Europa Ocidental.

Bundesliga

Os jogadores do Campeonato Alemão serão lembrados a respeitar as regras de distanciamento social depois de o Hertha Berlim comemorar da maneira usual na vitória de sábado por 3 a 0 sobre o Hoffenheim, afirmou o chefe-executivo internacional da liga alemã, Robert Klein.

As equipes foram orientadas a evitar celebrações em grupo como parte dos regulamentos de saúde e segurança para o reinício da liga no fim de semana após paralisação devido à pandemia de covid-19.

O atacante bósnio do Hertha Vedad Ibisevic, que marcou um dos gols, disse após a vitória que os jogadores não eram robôs, mas Klein afirmou que as regras precisam ser seguidas.

– No conceito de higiene, a diretriz é celebrar dentro das regras de distanciamento social – disse Klein a repórteres. “Pode-se imaginar no auge de um gol marcado que talvez, às vezes, os jogadores se aproximem.”

– Os clubes estão trabalhando ativamente com os jogadores. Eles conversam com os atletas todos os dias para lembrá-los do que precisa ser feito para garantir o direito a uma segunda rodada e uma terceira para terminar a temporada.

No início deste mês, o Hertha suspendeu o atacante marfinense Salomon Kalou depois que ele postou um vídeo nas mídias sociais mostrando os companheiros de equipe e ele mesmo apertando as mãos.

O clube havia declarado em comunicado que “essa era a conduta de um único jogador” e negou que a equipe não levasse a sério as regras de distanciamento social e higiene.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *