Bebê morre em deslizamento de terra na Venezuela

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 4 de junho de 2003 as 02:00, por: CdB

Deslizamentos de terra e rocha provocados por fortes chuvas em Mérida, no oeste da Venezuela, causaram a morte de um bebê e deixaram dezenas de desaparecidos.

Segundo autoridades locais, várias casas ficaram destruídas e uma das principais rodovias da região foi bloqueada.

– Houve vários deslizamentos – disse o diretor do Serviço de Proteção Civil da Venezuela, Antonio Rivero. Segundo ele, pelo menos 15 casas foram danificadas ou destruídas.

O governador de Merida declarou estado de emergência, disse a TV venezuelana.

Equipes de resgate encontraram o corpo de uma menina de um ano de idade e estão procurando outras vítimas, disse Rivero. Mas as informações sobre mortos ainda são poucas por causa do isolamento da região onde ocorreram os deslizamentos.

As primeiras informações, segundo Rivero, são de 14 mortos em Merida e 37 desaparecidos em Barinas.A TV local fala em 35 a 40 desaparecidos e mostrou imagens de casas e veículos destruídos pela lama e por pedras.

Em dezembro de 1999, pelo menos 10.000 pessoas foram mortas num grande deslizamento deflagrado por chuvas torrenciais que varreram as cidades costeiras e vilarejos nos Estados de Vargas e Miranda, no centro do país.