Bélgica e Inglaterra disputarão terceiro lugar em Copa

Arquivado em: Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 12 de julho de 2018 as 17:44, por: CdB

No próximo sábado, a conquista do terceiro lugar da Copa da Rússia seria inédita para as duas equipes, mas, com um sabor especial para a Bélgica

Por Redação, com EFE – de Moscou:

As seleções da Bélgica e da Inglaterra se enfrentarão no próximo sábado, em São Petersburgo, pelo terceiro lugar da Copa do Mundo, uma colocação inédita na história dos dois países na competição.

Bélgica e Inglaterra disputarão terceiro lugar em Copa do Mundo

A Inglaterra foi campeã mundial em 1966 e, em suas 15 participações em Copas, só teve a oportunidade de disputar o terceiro lugar da competição em 1990, na Itália, após ter sido derrotada nas semifinais pela então Alemanha Ocidental, nos pênaltis, após um empate por 1 a 1 no tempo regulamentar.

Na busca pela terceira colocação, os ingleses tiveram pela frente a seleção anfitriã, mas a equipe liderada dentro de campo por Gary Lineker e comandada por Bobby Robson terminou levando 2 a 1 dos italianos no Estádio delle Alpi, em Turim.

Roberto Baggio abriu o placar para a Itália, após um erro do goleiro Peter Shilton ao receber a bola da lateral. A Inglaterra conseguiu chegar ao gol de empate com David Blatt, de cabeça, a dez minutos do fim da partida.

Quando o jogo parecia que seguiria para a prorrogação, o inglês Paul Parker cometeu um pênalti em Salvatore Schillaci, que não decepcionou e marcou o gol da vitória italiana, o sétimo dele na Copa, garantindo também a chuteira de ouro como artilheiro do Mundial.

Do outro lado do campo neste sábado, a Bélgica também chegará a sua segunda disputa de terceiro lugar na história das Copas, em 13 participações. Na primeira, em 1986, no México, a seleção belga tinha Enzo Scifo, Jean-Marie Pfaff e Jean Ceulemans, e tinha sido eliminada nas semifinais pela Argentina, por 2 a 0, com dois gols de Diego Maradona.

Bélgica

A Bélgica pegou a França em um jogo emocionante que terminou em 2 a 2 no tempo regulamentar e que foi definido na prorrogação, após dois gols franceses que garantiram o terceiro lugar.

Khan Ceulemans marcou o primeiro para os belgas aos dez minutos de jogo, mas Jean-Marc Ferreri chegou ao empate quinze minutos depois. Papin fez o gol da virada para os franceses ainda no primeiro tempo, mas Nico Claesen deixou tudo igual na segunda etapa, levando a partida para a prorrogação.

No tempo extra, Bernard Genghini fez o terceiro da França após uma cobrança de escanteio curta e Manuel Amoros converteu um pênalti, ampliando a vantagem francesa para 4 a 2.

No próximo sábado, a conquista do terceiro lugar da Copa da Rússia seria inédita para as duas equipes, mas, com um sabor especial para a Bélgica, já que se tornaria o melhor desempenho dos belgas em Mundiais, depois do quarto lugar conquistado no México, em 1986.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *