Benoit Paire é multado em US$16,5 mil por quebrar raquetes no Aberto de Washington

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 2 de agosto de 2018 as 14:14, por: CdB

Conhecido por seu temperamento volátil, Paire quebrou três raquetes, chutou um banco do lado de fora da quadra e deixou o local vaiado

Por Redação, com Reuters – de Paris:

O tenista francês Benoit Paire recebeu uma multa de 16.500 dólares por sofrer um ataque de nervos durante sua derrota para Marcos Baghdatis na primeira rodada do Aberto de Washington nesta semana.

Tenista francês Benoit Paire

Conhecido por seu temperamento volátil, Paire quebrou três raquetes, chutou um banco do lado de fora da quadra e deixou o local vaiado depois de aparentemente desistir da partida a um ponto da eliminação.

Primeiro o jogador de 29 anos perdeu a paciência ao sofrer uma quebra de saque e ver o placar chegar a 5-2 no último set da derrota em 6-3, 3-6 e 6-2.

Perda do serviço

Depois da perda do serviço ele bateu com a raquete no chão várias vezes, depois pegou outra na sacola e a destruiu. No final da partida mais uma foi vitimada.

Paire foi punido devido a “obscenidade audível, conduta antiesportiva e por não dar o melhor de si”.

– Sim, sim, é verdade que me irritei ontem – escreveu ele no Instagram.

A multa da ATP foi mais do que o dobro do que ele recebeu por participar do torneio.

Andy Murray

O britânico Andy Murray, campeão do ATP 500 de Pequim em 2016, confirmou que participará da próxima edição do torneio chinês, que será disputada de 1º a 7 de outubro, segundo anunciaram os organizadores na terça-feira.

Murray, de 31 anos, não pôde defender o título no ano passado devido a uma lesão no quadril. O tenista busca repetir o feito de 2016 para compensar a ausência em diversas competições ao longo de 2017. Esta será a quarta participação do britânico no torneio.

A presença de Murray se soma às já confirmadas do espanhol Rafael Nadal, líder do ranking mundial e atual defensor do título; do argentino Juan Martín Del Potro, campeão da última edição do US Open; e do alemão Alexander Zverev, número 3 do ranking.

O ATP 500 de Pequim, que será disputado no Centro de Tênis do Parque Olímpico de Pequim, comemora 15 anos de história nesta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *