Blair confirma prisão de Saddam

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado domingo, 14 de dezembro de 2003 as 09:47, por: CdB

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, confirmou neste domingo a prisão do presidente iraquiano deposto, Saddam Hussein.

Blair disse que a prisão, ocorrida na noite de sábado, remove a sombra de um possível retorno de Saddam ao poder e abre caminho para que o ex-líder seja julgado por um tribunal iraquiano.

De acordo com Jalal Talabani, líder do partido curdo União Patriótica do Curdistão, Saddam foi capturado em sua cidade natal, Tikrit.

Uma porta-voz das forças da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Bagdá disse que um anúncio “muito importante” será realizado em uma entrevista coletiva às 10h (horário de Brasília).

Saddam Hussein era o homem mais procurado pelas autoridades americanas desde o início da guerra no Iraque, em março.

Desde então, mesmo após a queda do regime liderado por Saddam, diversas gravações de áudio com mensagens atribuídas ao ex-líder iraquiano têm pedido que a população do Iraque lute contra a ocupação das tropas lideradas pelos Estados Unidos.

O governo americano chegou a oferecer uma recompensa de US$ 25 milhões (cerca de R$ 73 milhões) pela captura de Saddam Hussein.

Saddam foi o alvo de intensivas operações de busca realizadas pelas tropas da coalizão que invadiu o Iraque.

Em 22 de julho, Uday e Qusay, filhos do ex-líder iraquiano, foram mortos em um ataque das forças americanas em Mosul, no norte do Iraque.