Bolsonaro acusa PT de criar células de guerrilha com médicos cubanos

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 16 de agosto de 2019 as 15:07, por: CdB

Presidente neofascista disse que não precisa de provas para acusar o Partido dos Trabalhadores

Por Redação, com Reuters

O presidente Jair Bolsonaro voltou a acusar os médicos cubanos que estavam no Brasil dentro do programa Mais Médicos de terem sido enviados, a pedido do PT para criarem “células terroristas” no país, mas disse que não precisa apresentar provas da sua acusação.

Bolsonaro oltou às acusações contra Cuba e o PT ao ser questionado sobre propostas para resolver problemas sociais do Brasil
Bolsonaro voltou às acusações contra Cuba e o PT ao ser questionado sobre propostas para resolver problemas sociais do Brasil

– O PT botou no Brasil cerca de 10 mil fantasiados de médicos aqui dentro, em locais pobres para fazer células de guerrilhas e doutrinação. Tanto é que quando eu cheguei eles foram embora porque eu ia pegá-los – acusou Bolsonaro.

O presidente voltou às acusações contra Cuba e o PT —partido que estava no governo quando o Mais Médicos foi criado—, ao ser questionado sobre propostas para resolver problemas sociais do Brasil, depois de reclamar de reportagens que mostravam a situação difícil que vive a família da primeira-dama, Michele, em uma cidade-satélite de Brasília.

Ao ser perguntado diretamente sobre provas das acusações que faz aos médicos cubanos, Bolsonaro evitou responder.

– Precisa ter prova disso daí? Tu acha que está escrito isso aí em algum lugar? – disse.

Diante da insistência dos repórteres, afirmou que Cuba exportava guerrilheiros na década de 70 para Angola e que estava difícil apurar a ação dos cubanos no Brasil porque “o PT sumiu com muita coisa”.

O presidente também foi questionado se sabia de alguma ação guerrilheira dos cubanos durante os anos que estiveram no Brasil e respondeu que estavam aqui em “preparação”.

– É preparação, é preparação. Você não faz as coisas de uma hora para outra, fazendo a cabeça do povo – afirmou.

Bolsonaro usou ainda como justificativa o que diz ser falta de qualidade da medicina em Cuba. Mais uma vez, lembrou que o ex-presidente venezuelano Hugo Chávez foi para o país para ser tratado e morreu.

– Alguém já viu um médico cubano andando pelo mundo defendendo teses? Não. Nem tem internet em Cuba. Eles nem conseguem ter acesso a outras fontes de informação. Não tem nada lá, meu Deus – afirmou.

1 thought on “Bolsonaro acusa PT de criar células de guerrilha com médicos cubanos

  1. Bolsonaro voce é o presidente mais mentiroso do Brasil em 226 dias já deu 244 declarações falsas ou distorcidas ganhou a eleição com essa prática que com o tempo vai ser desmascarada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *