Bolsonaro se diz desinfectado e volta ao Planalto, sem dar entrevistas

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 27 de julho de 2020 as 15:13, por: CdB

A agenda oficial do mandatário neofascista, nesta segunda-feira, previa reuniões com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Por Redação – de Brasília

Um mês depois de constatada a infecção por uma cepa ainda não determinada no vírus SarsCov-2, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retomou, nesta segunda-feira, a agenda oficial. Na véspera, ele informou que o teste para covid-19 dera negativo e, em seguida, saiu para um passeio de moto pela Capital Federal.

Ao anunciar que estava livre da covid-19, Bolsonaro aparece em um cenário montado com uma caixa de cloroquina na mão e um sinal de positivo
Ao anunciar que estava livre da covid-19, Bolsonaro aparece em um cenário montado com uma caixa de cloroquina na mão e um sinal de positivo

A agenda oficial do mandatário neofascista, nesta segunda-feira, previa reuniões com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ao deixar o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, Bolsonaro evitou os repórteres que o aguardavam, ainda pela manhã.

Em 25 de julho, o presidente relatou, em uma rede social, que o teste de RT-PCR para covid-19 resultara negativo. Na mensagem divulgada pelas redes sociais, Bolsonaro aparece segurando uma caixa de hidroxicloroquina, medicamento que ele defende eficaz para o tratamento da covid-19, mas cujo o uso vem sendo desaconselhado por médicos e cientistas.

Isolamento

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) publicou uma nota em 17 de julho afirmando que a hidroxicloroquina não tem efeito no tratamento da covid-19 e seu uso deve ser abandonado com “urgência”.

Bolsonaro estava isolado em sua residência oficial, o Palácio da Alvorada, em Brasília, desde 7 de julho, quando anunciou que havia sido infectado pelo coronavírus.

Mesmo durante o período de isolamento social, no entanto, o presidente foi visto andando de moto pelo palácio sem máscara e cumprimentando alguns varredores de rua, contrariando recomendações médicas, que exigem isolamento total para os pacientes com covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code