Bombeiros resgatam famílias ilhadas em São Caetano do Sul

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, São Paulo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 11 de março de 2019 as 11:51, por: CdB

A prefeitura publicou em seu site um alerta sobre as áreas alagadas, informando que as equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, da Secretaria de Saúde, da Guarda Civil Municipal e demais órgãos públicos seguem trabalhando no atendimento às vítimas.

Por Redação, com ABr – de São Paulo

A situação é grave em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, onde as chuvas deixaram ruas de vários bairros inundadas. Dezenas de moradores estão ilhados e são retirados de suas casas por equipes do Corpo de Bombeiros. Um helicóptero também está sendo usado para o resgate das pessoas.

A situação é grave em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, onde as chuvas deixaram ruas de vários bairros inundadas

A prefeitura publicou em seu site um alerta sobre as áreas alagadas, informando que as equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, da Secretaria de Saúde, da Guarda Civil Municipal e demais órgãos públicos seguem trabalhando no atendimento às vítimas.

A situação também está complicada em outras regiões da Grande São Paulo. Segundo a Defesa Civil do estado, quase a totalidade das equipes dos bombeiros trabalha no atendimento às ocorrências causadas pelas fortes chuvas desde a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feirea. De acordo com o órgão, até as 6h30 foram registradas 601 ocorrências.

As equipes atuam principalmente nos três deslizamentos mais graves: em Ribeirão Pires, na região metropolitana, onde duas pessoas morreram, duas estão soterradas e duas desaparecidas; no Parque São Rafael, na zona lesta da capital paulista, onde uma criança, que teve parada cardíaca, e a mãe, foram levadas ao hospital; e em Embu, também na região metropolitana, onde três vítimas em estado grave foram socorridas.

A Defesa Civil informou também que um helicóptero Águia da Polícia Militar auxilia o trabalho dos bombeiros na região da Vila Prudente, Ipiranga e Avenida do Estado, devido aos alagamentos causados pelo transbordamento do Rio Tamanduateí.

Com o transbordamento do córrego do Ribeirão dos Couros, em São Paulo, a concessionária Ecovias interditou as pistas centrais da Via Anchieta, entre o km 0 e o km 13. Em função da inundação, a Polícia Rodoviária teve que conduzir todos os motoristas represados na pista marginal sul da Anchieta até a pista norte para que seguissem viagem. Neste momento, equipes de conservação estão no km 13 da via para o trabalho de limpeza das pistas centrais para liberá-las.

Em sua página no Twitter, o governador de São Paulo, João Dória, postou mensagem se solidarizando com as famílias atingidas pelas fortes chuvas.

– Transmito minha total solidariedade às famílias atingidas pelas fortes chuvas em diversos municípios do Estado. Infelizmente, até o momento, temos 4 óbitos confirmados. Estamos monitorando todas as ocorrências no Centro de Gerenciamento de Emergências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *