Bombinhas cobra Taxa de Preservação Ambiental durante o verão

Arquivado em: Últimas Notícias, Viagens
Publicado sexta-feira, 26 de janeiro de 2018 as 22:43, por: CdB

O valor da taxa para veículos de passeio é de R$ 26,50 e dos ônibus R$ 133.

Por João Henrique

Bombinhas, a 75 quilômetros de Florianópolis, é um dos destinos cada vez mais procurados pelos turistas que viajam para curtir o litoral de Santa Catarina. Quem for viajar para a cidade entre 15 de novembro a 15 de abril terá que pagar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA). A cidade possui 39 praias, algumas delas são acessíveis somente por trilhas ou pelo mar. O turista encontra pousadas em Bombinhas que oferecem guias que conhecem as melhores praias da região.

A taxa é cobrada só no verão em função do volume excessivo de pessoas e veículos, causando prejuízos ambiental. Os recursos arrecadados com a taxa são aplicados em infraestrutura da cidade, educação ambiental, conservação e preservação do meio ambiente com seus ecossistemas naturais, limpeza pública e ações de saneamento.

Para evitar filas, foram instalados equipamentos semelhantes a radares, um sistema eletrônico de leitura de placas, que fazem os registros das placas nas duas entradas da cidade, porém não haverá barreiras físicas como as de um pedágio.

O valor da taxa para veículos de passeio é de R$ 26,50. A cobrança é feita a cada 24 horas, mas o proprietário só terá que pagar novamente se for sair e precisar de entrar em Bombinhas novamente. Os ônibus pagam R$ 133.

O proprietário do veículo que não pagar está sujeito a ter o nome inscrito na dívida ativa do município, além de cobranças judiciais. A dica é viajar depois de abril, na baixa temporada, período com mais ofertas de hotel em Bombinhas, além de ficar isento do pagamento da taxa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *