Bottas supera Vettel e faz melhor tempo em treino livre para GP da China

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Fórmula 1, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 12 de abril de 2019 as 12:25, por: CdB

O finlandês, que lidera o mundial com um ponto de vantagem sobre seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, encerrou o segundo treino com o tempo de 1min33s330, 0s027 à frente de Vettel, que fora o mais rápido na primeira sessão com uma margem de 0s207 sobre Hamilton.

Por Redação, com Reuters – de Xangai

O líder do campeonato mundial de Fórmula 1, Valtteri Bottas, da Mercedes, desbancou Sebastian Vettel, da Ferrari, nos treinos livres para o Grande Prêmio da China, marcando o melhor tempo nas atividades desta sexta-feira.

Valtteri Bottas, da Mercedes, durante treino livre para GP da China

O finlandês, que lidera o mundial com um ponto de vantagem sobre seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, encerrou o segundo treino com o tempo de 1min33s330, 0s027 à frente de Vettel, que fora o mais rápido na primeira sessão com uma margem de 0s207 sobre Hamilton.

Max Verstappen foi o terceiro mais veloz, ficando 0s221 atrás do melhor tempo de Bottas. O holandês, de 21 anos, pareceu recuperar velocidade, já que terminou os treinos matinais em quarto lugar, mas teve problemas com o câmbio e com a embreagem durante a sessão.

Hamilton teve que se conformar com a quarta colocação no segundo treino, depois de ficar atrás apenas de Vettel nos primeiros 90 minutos.

O britânico é de longe o piloto mais vitorioso na pista de 5,4 quilômetros do Circuito Internacional de Xangai, mas o pentacampeão mundial e atual defensor do título da F1 provavelmente enfrentará uma concorrência difícil, já que os especialistas consideram a Ferrari favorita após seu desempenho no Barein.

Mas a Ferrari de Charles Leclerc também teve uma sessão decepcionante. O monegasco terminou o dia com o sétimo melhor tempo, atrás da Renault de Nico Hulkenberg e da McLaren de Carlos Sáinz, e a 0s828 segundo do primeiro colocado.

Leclerc, de 21 anos, e Vettel estão usando um novo sistema de controle eletrônico em seus motores por precaução para evitar uma repetição dos problemas que impediram Leclerc de conquistar sua primeira vitória na pista de Sakhir.

Vettel tem prioridade, mas isso pode mudar

Sebastian Vettel ainda tem prioridade na Ferrari quando estiver nas mesmas condições que o companheiro de equipe Charles Leclerc, mas isso pode mudar, disse o chefe da escuderia italiana, Mattia Binotto, nesta sexta-feira.

O tetracampeão mundial de Fórmula 1 tem sido o piloto número um da equipe italiana nos últimos anos, mas o novo companheiro Leclerc foi mais veloz no Barein na corrida passada.

Leclerc, de 21 anos, largou na pole position em Sakhir, ficou para trás e mais tarde ultrapassou o alemão, fazendo a volta mais rápida da corrida e subindo em seu primeiro pódio.

O monegasco, que chegou em terceiro, teria vencido se seu carro não tivesse sofrido uma perda de potência quando ele liderava a 10 voltas do final. Depois de duas provas, Vettel ainda não subiu no pódio.

Binotto disse a repórteres antes do Grande Prêmio da China, no domingo, que a equipe vem em primeiro lugar.

– Como eu disse no início da temporada, se houver uma situação do tipo 50-50 na qual temos que tomar uma decisão, a vantagem seria dada a Sebastian simplesmente porque Sebastian tem mais experiência com a equipe na F1 – acrescentou.

– Ele venceu quatro campeonatos (com a Red Bull) e certamente, para nós, ele é o piloto que tem mais probabilidade de disputar o título – afirmou.

– Algo que combinamos com os dois pilotos é que, daqui a algumas corridas, as coisas podem mudar por qualquer razão, azar ou seja qual for a situação, podemos mudar nossa posição, sem dúvida.

Binotto disse que a dupla continua livre para rivalizar na pista, e se qualquer um estiver claramente mais veloz do que o outro, terá a preferência. Leclerc, observou, teve a oportunidade de sair na pole position e brigar pela vitória no Barein.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *