Brasil lidera número de mortes entre os países atingidos pela pandemia

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 1 de maio de 2020 as 17:34, por: CdB

Cada pessoa infectada pela COVID-19 transmite a enfermidade para 2,8 pessoas. Irlanda (2,24), México (1,95), Polônia (1,78) e Peru (1,55) também fazem parte da lista de países com maior taxa de contagio.

Por Redação, com Sputnik Brasil – do Rio de Janeiro

O Brasil está no topo. A taxa de contagio do coronavírus no país é a mais alta entre 48 países estudados por levantamento do Imperial College de Londres.

O número de enterros tem se multiplicado, em todo o país, devido à pandemia
O número de enterros tem se multiplicado, em todo o país, devido à pandemia

Cada pessoa infectada pela COVID-19 transmite a enfermidade para 2,8 pessoas. Irlanda (2,24), México (1,95), Polônia (1,78) e Peru (1,55) também fazem parte da lista de países com maior taxa de contagio.

Transmissibilidade

Para o sanitarista e médico da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro Alexandre Chieppe, os números indicam que o isolamento social é “mais necessário do que nunca”.

— A melhor forma de prevenção nesse momento ainda é o distanciamento social. A gente tem que lembrar sempre que estamos diante de uma doença nova e de alta transmissibilidade, que não tem vacina disponível e nem tratamento eficaz — disse Chieppe à agência russa de notícias Sputnik Brasil.

Progressão

Ainda de acordo com o Imperial College, o Brasil deve registrar na próxima semana mais de 5 mil mortes e a pandemia está em um estágio crescente no país. Nesta quinta-feira (30), o Brasil tem mais de 85 mil casos confirmados de COVID-19 e 5.901 óbitos causados pela enfermidade.

Chieppe acredita que a previsão de mortes para o Brasil “não surpreende” e os dados “refletem nosso estágio da pandemia”.

— A gente está falando de um vírus de transmissão muito fácil, de pessoa a pessoa. Quanto mais gente contaminada, tende a contaminar muito mais, é uma subida em progressão geométrica — resume o sanitarista.