Brasília faz teste rápido para o covid-19 em drive thru

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 22 de abril de 2020 as 11:49, por: CdB

 

Por Redação, com ABr – de Brasília

O teste rápido gratuito para o novo coronavírus (covid-19), na cidade de Brasília, teve início na terça-feira,  em dois postos drive thru, localizados no estádio Mané Garrincha e no Parque da Cidade, na região central da capital do Distrito Federal (DF).

Brasília faz teste rápido para o coronavírus em drive thru
Brasília faz teste rápido para o coronavírus em drive thru

A pessoa que for fazer o teste será cadastrada na entrada do drive thru e passará por triagem de temperatura, por meio de câmera térmica, feita pelo Corpo de Bombeiros. Quem não apresentar sintomas não fará a testagem.

O atendimento é feito por ordem de chegada, dentro do veículo, sendo proibido sair do carro sem orientação da equipe de saúde. Também é recomendado o uso de máscaras faciais desde a saída de casa, e que cada carro tenha, no máximo, quatro pessoas.

Para conseguir ser testada, a pessoa precisa levar consigo documento de identificação e comprovante de residência. O procedimento poderá coletar sangue ou materiais da garganta e nariz dos pacientes.

ONU mapeia projetos

O Escritório da Organização das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops) lançou na terça-feira uma plataforma para mapear ações de organizações voltadas à prevenção e combate à pandemia do novo coronavíurs. A proposta faz parte da iniciativa “Dia Mundial da Criatividade”, promovida pela ONU para estimular soluções inovadoras.

Desde o início da pandemia, diversas iniciativas vêm ocorrendo em vários locais do país. Elas vão desde a produção de equipamentos de proteção, como máscaras e toucas, até a arrecadação e distribuição de doações, como cestas básicas e materiais de limpeza em regiões mais pobres. O objetivo é identificar as ações mais inovadoras e que possam ser impulsionadas pelo apoio de instituições.

O mapeamento

No site poderão ser cadastradas iniciativas de empresas, ONGs, associações e coletivos com o intuito de combater a pandemia em temas como saúde, infraestrutura em saúde, inclusão social, geração de renda e apoio a indivíduos e famílias. O mapeamento ficará aberto até 21 de maio.

Para se inscrever, os responsáveis deverão preencher um formulário que será disponibilizado no site. A escolha das propostas que ficarão registradas levará em consideração o nível de inovação da solução.

As informações reunidas pela plataforma ficarão disponíveis para diversos tipos de atores, como governos, autoridades, empresas, ONGs ou investidores. O intuito é permitir a articulação entre quem está desenvolvendo ações na ponta e instituições que tenham a intenção de apoiá-las.