Brigada do Patrimônio contra o Vandalismo atua no período de isolamento

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 20 de maio de 2020 as 14:23, por: CdB

Com as ruas vazias devido ao isolamento social contra o novo coronavírus, existe uma preocupação maior com a preservação dos bens históricos em todo o Estado do Rio.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Com as ruas vazias devido ao isolamento social contra o novo coronavírus, existe uma preocupação maior com a preservação dos bens históricos em todo o Estado do Rio. Por isso, o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) mantém em funcionamento o “Brigada do Patrimônio”, movimento que recebe denúncias com o objetivo de reduzir os números de furtos e roubos de estátuas e outros itens históricos. Isso é possível através do número (21) 98913-1561, que também possui o serviço de WhatsApp e funciona 24 horas por dia.

Com as ruas vazias devido ao isolamento social contra o novo coronavírus, existe uma preocupação maior com a preservação dos bens históricos
Com as ruas vazias devido ao isolamento social contra o novo coronavírus, existe uma preocupação maior com a preservação dos bens históricos

Criado em fevereiro, o “Brigada do Patrimônio” possui uma rede de diversos profissionais da área e amantes da História para a preservação dos monumentos em todo o Estado. Na última semana, com informações repassadas pelo movimento, o Inepac fez uma visitou alguns pontos da área central do Rio. Foi constatado o desabamento de parte do telhado interno do prédio do antigo Automóvel Clube do Brasil. O imóvel pertence ao Município do Rio, que é responsável por sua recuperação e vigilância.

– Sabemos do momento que estamos passando e, por isso, não estamos pedindo para as pessoas saírem de casa para fotografar os casos. Mas, há sempre vizinhos, profissionais de serviços essenciais, que continuam circulando pelas cidades, que podem contribuir com essa batalha. O telefone está disponível 24 horas por dia para receber as denúncias que serão conferidas e entregues às autoridades de segurança, mantendo sempre o sigilo do denunciante – disse Claudio Prado de Mello, diretor-geral do Inepac.

Brigada do Patrimônio

O “Brigada do Patrimônio” é um sistema voluntário e colaborativo, envolvendo membros de todo o estado que estão sendo credenciados. Atualmente, há 1.677 bens tombados em todo o estado. “Temos sempre que valorizar a participação popular nesse tipo de ação.

O Estado do Rio tem uma cultura muito rica e vasta, que merece ser preservada”, conta a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, Danielle Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *