Cabo do Exército é baleado na Zona Norte

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 11 de março de 2019 as 14:15, por: CdB

Um tiroteio no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro no domingo deixou  um cabo do Exército e um adolescente feridos.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

Um tiroteio no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro no domingo deixou  um cabo do Exército e um adolescente feridos.

Um tiroteio no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro no domingo deixou  um cabo do Exército e um adolescente feridos

Joseilton jesus Cavalcante foi atingido nas duas pernas e passou por uma cirurgia no hospital Getúlio Vargas, também na Penha. Agentes do Choque e do Bope fizeram buscas na região para capturar os criminosos.

A Polícia Rodoviária Federal prendeu uma tonelada de maconha em um fundo falso de um caminhão pela Polícia Rodoviária Federal, na Via Dutra, na altura de Seropédica. A droga seria vendida no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. O motorista foi preso por tráfico de drogas.

Registros de crimes

O Instituto de Segurança Pública (ISP) informou na semana passada que os indicadores criminais caíram durante o carnaval deste ano no Rio de Janeiro. Segundo o ISP, os homicídios dolosos tiveram queda de 33%: foram 58 no carnaval deste ano e 86 no do ano passado.

Os roubos de rua caíram 16%: 1.527 em 2018 e 1.289 em 2019. Os roubos de veículos tiveram pequena redução: de 589 no carnaval do ano passado caíram para 586 no deste ano.

Segundo o governo do Rio de Janeiro, os números ainda precisam ser auditados.

A Secretaria de Policia Militar do Rio de Janeiro mobilizou 10.840 policiais e 1.056 durante os dias de folia. Foram feitas no período 398 prisões e 80 apreensões de adolescentes envolvidos em crime, além do recolhimento de mais de 60 armas.

Briga no carnaval

O caso aconteceu próximo ao viaduto de Marechal Hermes, no final da noite do domingo de carnaval, quando os dois grupos rivais se confrontaram.

O caso foi inicialmente registrado na delegacia do bairro (30ª DP), onde foram ouvidos os primeiros depoimentos. Como houve dois assassinatos, o caso será encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Capital.

A Polícia Civil informou que está em busca de testemunhas e imagens que possam ajudar na identificação dos autores do crime.

Atropelamento

Em Rocha Miranda, também na zona norte, um motorista avançou contra outro bloco de bate-bolas, deixando várias pessoas feridas, entre elas um bebê. O caso aconteceu na rua Veríssimo Machado e foi registrado na Delegacia de Vicente de Carvalho (27ª DP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *