Cada vez menos suíços se casam e mais ainda se divorciam, revela pesquisa

Arquivado em: Cultura, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 25 de fevereiro de 2020 as 16:28, por: CdB

A falta de interesse pela instituição do casamento foi observada em todos os segmentos da população, mas é especialmente acentuada entre os residentes estrangeiros.

 

Por Redação, com Swissinfo – de Genebra

A tendência de diminuição no número de casamentos está cada vez mais presente na Suíça. Em linha com uma realidade cada vez mais presentes nos países ocidentais, um total de 38.200 casais disseram “sim” em 2019, uma queda de 6,2% em comparação com o ano anterior, de acordo com os números divulgados pelo Departamento Federal de Estatística.

Um número cada vez menor de casais aprova o regime de união tradicional
Um número cada vez menor de casais aprova o regime de união tradicional

A falta de interesse pela instituição do casamento foi observada em todos os segmentos da população, mas é especialmente acentuada entre os residentes estrangeiros. A queda nos casamentos foi de 4,6% entre os suíços, mas de 13,1% entre a população estrangeira. Os casamentos mistos (suíços com não suíços) também diminuíram em 5,1%.

Divórcios

Enquanto os casais do mesmo sexo não têm o direito de se casar na Suíça, menos optaram por entrar em parcerias registradas em 2019. Cerca de 650 casais do mesmo sexo oficializaram suas relações no ano passado, uma queda de 7,9% em relação a 2018.

O número de divórcios, por sua vez, aumentou ligeiramente em 2019, com 16.600 casamentos sendo dissolvidos (um aumento de 0,4%). O aumento foi em grande parte devido à elevada taxa de divórcios entre estrangeiros, que aumentou significativamente de 3.900 para 4.300 (10,4%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *