Calendário da Copa América de 2019 é definido pela Conmebol

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 18 de dezembro de 2018 as 14:06, por: CdB

A decisão está marcada para 7 de julho do próximo ano, às 17h (de Brasília), no Maracanã. Seguindo esse caminho, os comandados por Tite terão atuado em todos os estádios escolhidos para a competição.

Por Redação, com EFE – de Brasília

A Conmebol e o comitê organizador local da Copa América anunciaram nesta terça-feira o calendário da competição, com o número de jogos de cada estádio, além do roteiro que a seleção brasileira irá percorrer na fase de grupos, que terá pontapé inicial no dia 14 de junho do ano que vem.

A Conmebol e o comitê organizador local da Copa América anunciaram nesta terça-feira o calendário da competição

Os pentacampeões mundiais, como anfitriões, obrigatoriamente, estarão no grupo A, fazendo o jogo de abertura no Morumbi, em São Paulo. Em seguida, em 18 de junho, atuarão na Fonte Nova, em Salvador, para se despedirem quatro dias depois, na Arena Corinthians, também na capital paulista.

Caso se classifique em primeiro lugar do grupo A, o Brasil disputará as quartas de final no dia 27, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Na sequência, saindo vencedor do confronto, a seleçãojogará a semifinal em 2 de julho, no Mineirão, em Belo Horizonte.

A decisão está marcada para 7 de julho do próximo ano, às 17h (de Brasília), no Maracanã. Seguindo esse caminho, os comandados por Tite terão atuado em todos os estádios escolhidos para a competição.

O palco das finais da Copa das Confederações, em 2013, e Copa do Mundo, em 2014, sediará cinco jogos, assim como Fonte de Nova, Arena do Grêmio e Mineirão. Morumbi e Arena Corinthians, por sua vez, receberão três partidas, cada um.

Além disso, a Conmebol e o comitê local reafirmaram a decisão do Conselho da entidade continental, tomada em 23 de novembro, de que o ranking da Fifa será utilizado para definir os quatro potes do sorteio da Copa América, que acontecerá no dia 20 de janeiro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

Conmebol define duelos da fase preliminar e grupos da Libertadores

A Conmebol sorteou na última segunda-feira os confrontos da fase preliminar e os grupos da próxima edição da Taça Libertadores, em cerimônia realizada em Assunção, no Paraguai, decidindo os adversários dos sete brasileiros na competição.

O atual campeão da Libertadores, o River Plate, que bateu o Boca Juniors por 3 a 1, na prorrogação, em jogo disputado em Madri, terá um caminho nada fácil para tentar o bicampeonato do torneio.

O sorteio colocou no caminho do time comandado por Marcelo Gallardo logo na estreia o Internacional, que volta ao torneio cinco anos sem disputá-lo. No entanto, a chave, que também terá o Alianza Lima, pode ter mais uma pedreira.

O quarto elemento do grupo A pode ser o São Paulo, que entra na segunda fase preliminar da Libertadores, diante do Talleres. Se avançar, a equipe paulista encara o vencedor do duelo entre Palestino, do Chile, e Independiente Medellín.

Semifinalista da atual edição da competição e campeão em 2017, o Grêmio também terá adversários complicados no grupo H. Universidad Católica e Rosário Central já estão definidos ao lado do time da equipe de Renato Gaúcho da chave.

O quarto time pode ser o Atlético Nacional, da Colômbia. O campeão da Libertadores em 2016 também entra no torneio na segunda fase preliminar e aguarda o vencedor do confronto entre La Guaira ou Real Garcilaso. Caso avance, os adversários podem ser Libertad ou o terceiro classificado da Bolívia, que ainda não foi definido.

O sorteio também não foi simples para o Palmeiras, campeão brasileiro em 2018, que terá pela frente o San Lorenzo e o Júnior Barranquilla , derrotado pelo Athletico-PR na decisão da Copa Sul-Americana na última quarta-feira.

Ainda falta a definição da quarta equipe do grupo, que pode ser a tradicional Universidad de Chile ou o Nacional, do Paraguai.

O Furacão caiu em um grupo já definido. Apesar da presença do todo-poderoso Boca Juniors, a equipe paranaense disputa uma vaga nas oitavas de final com o Jorge Wilstermann e o Deportivo Tolima, famoso por eliminar o Corinthians, do técnico Tite, ainda na fase preliminar da Libertadores em 2011.

Os demais brasileiros que tentarão o título continental em 2019 tiveram mais sorte que os adversários. O Cruzeiro, eliminado pelo Boca nas quartas de final na última edição do torneio, está no grupo B, ao lado de Emelec, Huracán, e Deportivo Lara.

O Flamengo, que caiu para o Cruzeiro nas oitavas de final neste ano, foi cabeça de chave do grupo D, tendo como adversários Peñarol, LDU e o segundo time boliviano que ainda serão definido.

Já o Atlético-MG, assim como o São Paulo, entra na segunda fase preliminar da Libertadores e encara o Danubio. O primeiro jogo está marcado para o Uruguai, com a decisão marcada para a Arena Independência.

Caso avance, o Galo pega o vencedor do confronto entre Barcelona de Guayaquil e quem passar de Defensor e o quarto classificado da Bolívia. E, se ficar com a vaga, o time mineiro entra no grupo E, ao lado de Nacional, do Uruguai, Cerro Porteno e Zamora.

A edição de 2019 da Libertadores será a primeira da história com final em jogo único. No evento realizado nesta segunda-feira, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, anunciou que a decisão será realizada em Santiago, no Chile.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *