Calendário de vacinação será retomado para pessoas de 24 anos

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 12 de agosto de 2021 as 15:14, por: CdB

Nesta quinta-feira, a imunização com a primeira dose no município do Rio está restrita a adultos acima de 45 anos, pessoas com deficiência, gestantes, lactantes e puérperas a partir de 18 anos. A segunda dose está mantida nos postos normalmente.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Com o recebimento de mais 150 mil doses de vacinas contra a covid-19 na quinta, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) retomará nesta sexta-feira a vacinação para pessoas de 24 anos.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) retomará a vacinação para pessoas de 24 anos

No sábado, será a vez dos cariocas de 23 anos serem imunizados. Para a continuidade do calendário na semana que vem, a SMS depende do envio de novas remessas pelo Ministério da Saúde.

Nesta quinta-feira, a imunização com a primeira dose no município do Rio está restrita a adultos acima de 45 anos, pessoas com deficiência, gestantes, lactantes e puérperas a partir de 18 anos. A segunda dose está mantida nos postos normalmente.

Acordo com Unicef

A cidade do Rio agora faz parte da iniciativa Unidades Amigas da Primeira Infância (Uapi), voltada à qualificação dos serviços de saúde e educação infantil, de forma a contribuir para os resultados das políticas municipais nessas áreas. O acordo foi viabilizado por meio de uma parceria entre a Prefeitura e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

A partir desse contato, as unidades de saúde e educação infantil serão mobilizadas pelas  respectivas  secretarias  municipais. A ideia é que os trabalhadores dessas áreas participem do Ciclo Nacional de Capacitação da  estratégia  Uapi,  que  estará  disponível a todos os gestores e servidores. Profissionais de assistência social também podem ser incluídos na programação.

A capacitação é composta de três módulos que abordam a atenção integral e integrada da rede de serviços básicos para a primeira infância (incluindo crianças com deficiência, doenças raras e déficit de aprendizagem); o mapeamento e qualificação da oferta dos serviços no município; a proteção contra todas as formas de violência; os indicadores de qualidade na educação infantil e a inclusão e as diversas formas de aprender e ensinar. Esta primeira edição da Uapi está prevista para durar até janeiro de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code