Candidato a Papai Noel tem aula de voz e psicologia infantil no Rio

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 2 de dezembro de 2003 as 18:54, por: CdB

Já não basta vestir a tradicional roupa vermelha e caprichar na barba branca. No Rio, candidatos a uma vaga de Papai Noel assistem a aulas de empostação de voz, expressão corporal e psicologia infantil e levam apostila para estudar em casa.

O curso “Técnicas e Comportamentos do Bom Velhinho”, oferecido no município fluminense de Vassouras pelo Sebrae, já tem 15 inscritos. Para saber os mistérios que se escondem por trás da barba branca, os alunos pagaram R$ 5 de taxa de adesão.

Esta é a terceira edição do curso. As duas primeiras ocorreram na cidade de Penedo, no sul do Estado, e foram originadas dos pedidos de shoppings e lojas, que exigiam dos contratados mais do que uma gostosa risada e cabelos brancos.

– Muitas pessoas que estão desempregadas se interessam em aprender para melhor disputar uma vaga de trabalho temporário nas lojas – diz a consultora Cândida Camargo, que ministra o curso. As aulas, que são de três horas, durante cinco dias, começaram nesta terça-feira na Casa de Cultura de Vassouras. No interior do Estado, os empregadores pagam uma média de R$ 50 a R$ 100 por dia pelo trabalho.

É esta renda extra que faz crescer o interesse natalino de Everardo Lucindo de Souza, um dos alunos de Cândida. Trabalhando na prefeitura como auxiliar de almoxarifado, com salário de R$ 300 ao mês, Souza considera vantajoso conhecer as técnicas corretas ao disputar emprego nas lojas. “Se tiver este curso no ano que vem, eu faço novamente”, afirmou.