Canoagem Slalom: Pan-Americano do Rio é cancelado

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 25 de março de 2021 as 14:23, por: CdB

A Federação Internacional (ICF) e Confederação Pan-Americana (Copac) de canoagem slalom comunicaram nesta quinta-feira o cancelamento do Pan-Americano da modalidade. O evento seria realizado no Rio de Janeiro entre os dias 29 de abril e 2 de maio.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Federação Internacional (ICF) e Confederação Pan-Americana (Copac) de canoagem slalom comunicaram nesta quinta-feira o cancelamento do Pan-Americano da modalidade. O evento seria realizado no Rio de Janeiro entre os dias 29 de abril e 2 de maio.

Decisão é motivada pela piora da pandemia do coronavírus no Brasil

A competição, classificatória para os Jogos de Tóquio, distribuiria quatro vagas (K1 masculino e feminino e C1 masculino e feminino). Até o momento, a ICF ainda não se pronunciou sobre o modelo que será utilizado para a definição dessas vagas.

O Brasil tem dois atletas garantidos em três provas diferentes. No feminino, Ana Sátila  tem as vagas da prova do C-1 e do K-1 feminino. No masculino, Pepê Gonçalves está garantido no K-1 masculino. No início do mês, a Copac já havia cancelado do Pan-Americano de canoagem velocidade, que ocorreria em Curitiba, entre 8 e 11 de abril.

Vôlei de Praia

Na manhã desta quinta-feira , a dupla Alison (ES) e Álvaro Filho (PB) confirmou mais um título na temporada 2020/2021 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia masculino. Foi a terceira vitória da parceria depois de oito etapas. A confirmação da conquista veio com o resultado de 2 sets a 0 sobre o time que é o atual campeão nacional e líder do ranking, André (ES) e George (PB), com parciais de 21/17 e 21/14. O torneio aconteceu no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Depois dessa etapa, André e George estão com 2520 pontos no ranking nacional. Com 2320, Alison e Álvaro Filho aparecem em segundo.

Classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, Alison e Álvaro não haviam participado da sétima etapa Open e terminaram a etapa de Doha do Circuito Mundial na 17ª colocação. “Depois de Doha, voltamos para casa e ajustamos alguns detalhes. Jogar uma etapa do Circuito Brasileiro é muito importante, ainda mais no momento em que estamos passando, poder disputar uma competição com segurança e devolver um pouco de alegria para o povo brasileiro é muito bom”, destacou o campeão olímpico Alison à assessoria da Confederação Brasileira da modalidade (CBV). “Não falo nem da questão do resultado, falo da evolução. A gente vem buscando evoluir como time, e isso muitas vezes é uma conquista até maior do que a própria vitória. A gente fica muito feliz com isso. Este foi o nosso terceiro evento no ano, e o resultado mostra que nossa preparação está bem forte”, afirmou Álvaro Filho.

Arthur e Adrielson ganham o bronze

Arthur Mariano (MS) e Adrielson (PR) levaram a melhor na disputa pela medalha de bronze. Nesta quinta-feira, eles fizeram 2 sets a 0 (21/15 e 21/16) sobre Lipe/Anderson Melo (CE/RJ). Mesmo perdendo, Lipe e Anderson comemoraram o desempenho na etapa, depois de começarem no qualifying e chegarem à disputa por medalhas. “É um excepcional resultado estar entre os grandes”, disse Lipe.