Carro da embaixadora dos Estados Unidos em Bangladesh é apedrejado

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 5 de agosto de 2018 as 11:08, por: CdB

Segundo a embaixada norte-americana, Bernicat escapou ilesa, assim como todos os que estavam no veículo com ela ou nos outros que faziam a escolta

Por Redação, com EFE – de Daca

Um grupo de pessoas apedrejou um veículo que transportava a embaixadora dos Estados Unidos em Bangladesh, Marcia Bernicat, após um evento organizado por um grupo de pressão em Daca, informaram neste domingo à agência EFE diversas fontes.

A embaixadora dos Estados Unidos em Bangladesh, Marcia Bernicat

Segundo a embaixada norte-americana, Bernicat escapou ilesa, assim como todos os que estavam no veículo com ela ou nos outros que faziam a escolta.

O incidente aconteceu por volta das 23h (horário local, 14h em Brasília) do sábado quando a embaixadora, que está previsto que finalize este mês seu mandato em Bangladesh após quatro anos no país, saía de um jantar de despedida em sua honra organizado pelo grupo de pressão local SHUJAN.

– Malfeitores perseguiram seu carro e jogaram pedras quando estava saindo da festa – disse à Efe o secretário-geral do SHUJAN e organizador da despedida, Badiul Alam Majumder.

– Não conseguimos identificar os agressores por causa da escuridão. Depois que ela deixou o local, (os agressores) centraram sua atenção na minha casa e quebraram alguns vidros a pedradas – acrescentou Majumder.

Jamal Uddin, chefe de Polícia da delegacia de Mohammadpur, onde aconteceu o incidente, explicou à Efe que foi para o local após ser alertado sobre o ocorrido.

– Não tínhamos informação que a embaixadora poderia vir a esta área para um jantar. Quando nos informamos do incidente enviamos vários soldados, mas não encontramos nada – disse Uddin.

– Ninguém apresentou uma denúncia em nossa delegacia de Polícia – acrescentou o chefe de Polícia.

Em breve divulgado pela embaixada norte-americana em Daca, um veículo oficial que levava Bernicat foi atacado “por um grupo de homens adultos armados, alguns deles em motocicletas”.

– Nem a embaixadora, nem os motoristas da comitiva, nem o pessoal de segurança ficaram feridos, mas dois veículos de segurança sofreram alguns danos – diz a nota.