Carros usados Chevrolet são os mais procurados pelos jovens

Arquivado em: Comércio, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 27 de novembro de 2020 as 11:54, por: CdB

Chegar aos 18 anos representa a alegria de alcançar uma idade que, em algumas ocasiões, chega junto com um sonho de consumo: nada mais nem nada menos do que o primeiro carro. Esse é o presente mais almejado pelos jovens, aquele que esperam receber nesse aniversário tão especial e que, muitos pais fazem realidade.

Depois dos 18 anos, todo jovem quer ter o seu próprio carro, de preferência, um Chevrolet
Depois dos 18 anos, todo jovem quer ter o seu próprio carro, de preferência, um Chevrolet

Um carro é realmente o sonho de consumo da maioria dos jovens quando chegam aos 18 anos. É nessa idade que sentem a liberdade batendo a porta e a possibilidade de ganhar um modelo dos carros usados Chevrolet, que é a marca que a maioria dos jovens procura. 

Esses jovens querem estar conectados, essa é uma realidade que não admite dúvidas. As redes sociais são protagonistas na vida deles, portanto o carro deve possibilitar essa conectividade a 100%. Afinal, e smartphone deve estar sempre carregado! Os carros à venda da marca Chevrolet possuem entrada USB para poder carregar a bateria do celular ou da tablet, outro dispositivo utilizado por garotos e garotas. 

Um dos modelos mais queridos pelos jovens é o Chevrolet Onix. Esse carro possibilita acesso à internet e tem conexão Bluetooth com os celulares através do sistema MyLink. Tendo computador a bordo, tem também ar condicionado e ar quente, vidros elétricos, direção hidráulica e segurança com airbags. Tudo o que os jovens querem.

Acontece que o sistema Wi-Fi do carro permite que eles estejam conectados não só enquanto estiverem dentro do carro, mas também até 15 metros fora do veículo. Não há coisa melhor para um jovem de 18 anos (e para qualquer jovem da Geração Z ou até Millennial) do que estar conectado o tempo inteiro!

Além disso, esse modelo da Chevrolet também recebe comandos de voz. Assim sendo, é possível rodar a playlist preferida com a maior facilidade e segurança.

Outros motivos para comprar carros usados nos dias de hoje

Além de ser o sonho de consumo dos jovens, para muitos deles é uma necessidade, seja por causa de estudos na faculdade ou para ir para o trabalho. Afinal, a juventude também hesita em utilizar o transporte público por conta do possível contágio da Covid-19.

Embora muitos tenham privilegiado sempre o uso de ônibus, trem e metrô, o coronavírus mudou esse costume. Aqueles que obrigatoriamente devem sair de casa, já duvidam em pegar o transporte público. A saída para quem ainda não tem carro é andar, e se o destino for longe de casa, a bicicleta é a segunda opção. Porém, nem sempre isso é possível…

Poder diminuir a exposição ao risco de contágio é essencial e a opção é a compra de um carro e, devido às condições financeiras da maioria das pessoas atualmente, um carro usado é, sem dúvida alguma, a melhor opção.

Uma recente pesquisa a nível mundial, mostrou que há uma mudança de interesse nos jovens que têm entre 18 e 25 anos: até este ano, a maioria não tinha interesse de ser proprietário de um carro próprio. Na verdade, vinham utilizando o transporte público normalmente ou compartilhando com colegas um carro por aplicativo.

Essa tendência tinha uma explicação, dita por eles mesmos: no trajeto até a faculdade, por exemplo, podiam estudar ou ler durante a viagem. Ou indo para o trabalho, podiam relaxar e até cochilar.

A pandemia mudou tudo e esta nova realidade preocupa aos jovens, que também hesitam em continuar utilizando o ônibus ou o metrô, porque não querem se expor à possibilidade de ficarem contagiados pela Covid-19.

Escolhas para uma nova realidade

Alguns jovens com a possibilidade econômica de se tornarem independentes dos pais, escolhem morar sozinhos e, por causa disso, ter um carro é de grande ajuda.

Por outro lado, o home-office chegou para mudar muitas coisas como, por exemplo, acabar com a tendência de morar perto do trabalho. Já que não há mais necessidade de ter que deslocar até o trabalho, as pessoas estão começando a escolher bairros mais afastados do centro da cidade, procurando calma, tranqüilidade, paz.

Assim sendo, ter um carro próprio passa a ser prioridade para os passeios, viagens curtas e o traslado para o local do trabalho quando exista a necessidade de reuniões presenciais, pois isso é uma realidade em algumas profissões.