Casa Branca diz que Bush se opõe a casamento entre homossexuais

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 21:19, por: CdB

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, se opõe ao casamento entre homossexuais, informou nesta terça-feira a Casa Branca. No entanto, não se pronunciou sobre a possibilidade de uma emenda constitucional que venha a proibir esta prática.

– O presidente acha que o casamento é uma instituição entre um homem e uma mulher – afirmou nesta terça o porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer, durante uma entrevista coletiva. As leis americanas definem o casamento, para efeitos legais, como uma união de homem e mulher.

A questão do casamento homossexual ganhou força nos EUA após o Governo canadense divulgar que cumpriria a sentença de um tribunal que ordenava a legalização dos casamentos homossexuais.

Além disso, o Tribunal Supremo dos Estados Unidos anulou, na semana passada, as leis de vários estados que proibiam as relações sexuais entre homossexuais, o que fez com que muitos acreditassem que a legalização do casamento homossexual poderia estar próxima.

O líder da maioria republicana no Senado, Bill Frist, se manifestou, domingo passado, a favor de uma emenda constitucional que proíba, expressamente, o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo.

No entanto, o porta-voz da Casa Branca não quis ir tão longe nesta terça e se limitou a dizer que Bush apóia as leis atuais tal como estão.