CBF veta Caio Martins e Giullite Coutinho

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 17 de setembro de 2002 as 23:01, por: CdB

O Departamento Técnico da CBF indeferiu nesta terça-feira o pedido do presidente do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro, para que o clube carioca mandasse os seus jogos no estádio de Caio Martins ou no estádio Giullite Coutinho neste Campeonato Brasileiro.

O pedido não foi aceito porque os estádios não atendem ao mínimo exigido pelas normas do Campeonato Brasileiro deste ano, que são 20 mil expectadores sentados.

Segundo um laudo do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, o Caio Martins comporta 5.838 pessoas sentadas (os dirigentes do Botafogo dizem que cabem 12.000 torcedores) e o Giullite Coutinho acomoda 13.544 pessoas sentadas.

Mauro Ney Palmeiro tinha a intenção de transferir a partida deste domingo, contra o Coritiba, do Maracanã para o Giullite Coutinho, estádio do América, que fica em Édson Passos.

Com a decisão de Mauro Ney sobre a impossibilidade do clube de atuar no Maracanã, por causa das altas taxas cobradas, a partida poderá ser disputada no estádio Municipal de Juiz de Fora-MG.