Chanceler aponta grande redução de imigrantes no programa ‘Fique no México’

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020 as 13:58, por: CdB

A quantidade de imigrantes que cruzam a fronteira entre os EUA e o México diminuiu cerca de 75%, acrescentou Ebrard, sem especificar um período.

Por Redação, com Reuters – da Cidade do México

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse nesta quarta-feira que o número de imigrantes esperando em solo mexicano o desfecho de seus casos nos tribunais de imigração dos Estados Unidos caiu de 50 mil para cerca de 2,5 mil.

Chanceler mexicano, Marcelo Ebrard
Chanceler mexicano, Marcelo Ebrard

Desde janeiro de 2019, o governo do presidente norte-americano, Donald Trump, está enviando imigrantes, muitos da América Central e de Cuba, ao México, conforme a diretriz conhecida como Protocolos de Proteção do Migrante (MPP, na sigla em inglês). A diretriz é um elemento central do esforço de Trump para conter as levas de imigrantes que buscam asilo nos EUA.

Governo Trump

Falando em uma coletiva de imprensa, Ebrard disse acreditar que o número de imigrantes no programa “Fique no México” continuará em torno dos níveis atuais.

A quantidade de imigrantes que cruzam a fronteira entre os EUA e o México diminuiu cerca de 75%, acrescentou Ebrard, sem especificar um período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *