Chávez visita Mangueira e diz que quer abrir escola na Venezuela

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 6 de novembro de 2004 as 10:26, por: CdB

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, visitou nesta sexta-feira a quadra da Mangueira, vibrou com a bateria e as passistas, mas não arriscou nenhum passo.

– Na próxima vez venho aprender a dançar samba – disse Chávez, que chegou à quadra com mais de quatro horas de atraso e foi recebido pelo intérprete da escola, Jamelão, pela cantora Beth Carvalho e pela vice-presidente da escola, Chininha.

Animado, bateu palmas, batucou na mesa e propôs abrir uma escola de samba em Caracas, capital venezuelana.

– Vamos instalar em Caracas uma escola de samba para intercambiar esta cultura, que é a mesma, a mesma mistura – disse.

– Nós (os latino-americanos) somos a mistura perfeita do índio, do negro e do branco – afirmou o presidente, que fez o pedido para visitar a Mangueira.