China presta homenagem às vítimas do Covid-19

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 4 de abril de 2020 as 12:20, por: CdB

O Conselho de Estado da China declarou neste sábado dia de luto nacional pelos mártires e vítimas da Covid-19. Bandeiras nacionais em todo país ondulavam a meio mastro e atividades recreativas foram suspensas.

Por Redação, com Sputnik – de Pequim

Após superar os meses mais difíceis no combate ao coronavírus, China presta homenagem às 3.326 vítimas da Covid-19.

China presta homenagem a vítimas do coronavírus
China presta homenagem a vítimas do coronavírus

O Conselho de Estado da China declarou neste sábado dia de luto nacional pelos mártires e vítimas da Covid-19. Bandeiras nacionais em todo país ondulavam a meio mastro e atividades recreativas foram suspensas.

As sirenes antiaéreas começar a soar às 10h00 (meia-noite no horário de Brasília), após isso três minutos se silêncio se seguiram. O tráfego de veículos foi interrompido, enquanto se ouviam carros, navios e trens buzinando em homenagem às vítimas da pandemia na China.

“Mártires” do vírus

A China também rendeu homenagem aos “mártires” do vírus, um título honorário outorgado pelo governo chinês a 14 médicos que faleceram lutando contra o contágio, entre eles Li Wenliang, que manifestou o primeiro alarme ante o novo coronavírus.

Este sábado coincide com o Festival Qingming, conhecido também como Dia da Limpeza dos Túmulos, quando os chineses prestam homenagem a seus falecidos.

Durante as últimas 24 horas, a China registrou quatro mortes de pacientes com o vírus na parte continental do país e 19 novos contágios, entre eles 18 casos importados.

De um total de mais de 81 mil infectados até hoje na China continental, mais de 76 mil receberam alta, segundo a Comissão Nacional da Saúde.

Em todo mundo foram registrados mais de 1,19 bilhão casos de infecção pelo coronavírus.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *