Ciclone que devastou o leste da Índia atinge Bangladesh

Arquivado em: Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Natureza, Últimas Notícias
Publicado sábado, 4 de maio de 2019 as 16:23, por: CdB

Depois de chegar ao continente na sexta-feira, o ciclone tropical Fani perdeu parte de seu poder e foi rebaixado para a categoria de “depressão profunda” pelo Departamento Meteorológico da Índia.

 

Por Redação – de Noakhali, Bangladesh

 

O ciclone mais forte a atingir a Índia em cinco anos matou pelo menos 12 pessoas no leste do estado de Odisha, antes de seguir para o nordeste em Bangladesh neste sábado, onde mais quatro pessoas morreram, embora mais de um milhão tenham sido movidas com segurança para fora da área de perigo.

O ciclone destruiu uma estação de trens, no leste da Índia
O ciclone destruiu uma estação de trens, no leste da Índia

Depois de chegar ao continente na sexta-feira, o ciclone tropical Fani perdeu parte de seu poder e foi rebaixado para a categoria de “depressão profunda” pelo Departamento Meteorológico da Índia conforme a tempestade se deslocava para o interior em Bangladesh.

— O medo de uma catástrofe de grandes proporções está praticamente acabado à medida que ele se enfraquece — disse Shamsuddin Ahmed, diretor do Departamento Meteorológico de Bangladesh, a repórteres.

A tempestade fez dezenas de aldeias na costa baixa de Bangladesh submergirem, disse um funcionário do Ministério do Desastre em Daca.

Bangladesh

Cerca de 1,2 milhão de pessoas que vivem nos distritos mais vulneráveis do Bangladesh foram transferidas para cerca de 4 mil abrigos.

A tempestade danificou mais de 500 casas, destruindo várias no distrito de Noakhali, onde uma criança de dois anos e uma menina de 12 anos foram mortas e cerca de 30 pessoas ficaram feridas, disse à agência inglesa de notícias Reuters o funcionário local Tanmoy Das.

O ministro do Desastre de Bangladesh, Enamur Rahman, disse a repórteres que pelo menos quatro pessoas morreram e 63 ficaram feridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *