Cidades do Rio recebem vacinação itinerante contra o sarampo

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 4 de fevereiro de 2020 as 13:54, por: CdB

O sarampo é transmitido por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Após passar por Duque de Caxias e imunizar mais de 1,6 mil pessoas contra o sarampo em quatro dias, caminhões itinerantes da Secretaria de Estado de Saúde (SES) vão estacionar esta semana em três pontos do estado: Nova Iguaçu, São Gonçalo e Saquarema. Na capital, numa parceria com a Secretaria de Estado de Transportes, serão montadas tendas na Rodoviária Novo Rio e estação Praça 15 das barcas.
Mais três cidades recebem vacinação itinerante contra o sarampo
Mais três cidades recebem vacinação itinerante contra o sarampo
Neste ano, de acordo com a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da SES, foram notificados 153 casos de sarampo. Em 2019, a SES registrou 333 casos da doença.
A ação é voltada para pessoas entre seis meses e 59 anos, e a meta da SES é vacinar três milhões de pessoas nos próximos meses. As doses serão aplicadas das 8h às 14h, exceto em São Gonçalo, onde vai se estender até as 17h.

Nesta terça-feira, as bases móveis com equipes da SES ficarão na Praça de Vila de Cava, em Nova Iguaçu; Praça Doutor Luiz Palmier, no Centro de São Gonçalo; e Praça de Jaconé, em Saquarema.

Na quarta-feira, os veículos estarão nos locais a seguir: Praça do Cabuçu, em Nova Iguaçu; Praça Doutor Luiz Palmier, no Centro de São Gonçalo; e Praça da Paróquia Santo Antônio, em Bacaxá.

Na quinta-feira, a população pode encontrar a vacina na Praça São Jorge (Carmary), Nova Iguaçu; Rua Doutor Alfredo Backer 605, no Alcântara, São Gonçalo; e no campo de grama sintética da Basiléia, em Saquarema.

Por fim, na sexta-feira, os caminhões irão para Comendador Soares (perto da UPA), em Nova Iguaçu; Rua Doutor Alfredo Backer 605, no Alcântara, São Gonçalo; e Praça do Bem-Estar, no Campo da Aviação, em Saquarema.

Sobre a doença

O sarampo é transmitido por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite. A vacina é fornecida pelo Ministério da Saúde e está disponível gratuitamente nos postos de saúde municipais durante todo o ano, conforme prevê o calendário nacional de imunização.
Contraindicações
Pessoas com suspeita de sarampo, imunocomprometidas, gestantes e crianças com menos de seis meses não devem receber a vacina. Alérgicos à proteínas do leite de vaca devem informar a condição ao profissional de saúde no posto de vacinação para que recebam a dose feita sem esse componente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *