Ciro acusa Bolsonaro, frontalmente, de promover um golpe militar

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado domingo, 30 de setembro de 2018 as 15:24, por: CdB

Na última sexta-­feira, Bolsonaro disse em entrevista que não aceitaria um resultado diferente da sua eleição.

 

Por Redação – de São Paulo

 

Alerta do presidenciável Ciro Gomes (PDT) aponta que a declaração do representante neofascista nestas eleições Jair Bolsonaro (PSL), de que não aceitaria o resultado da disputa eleitoral, caso não saísse vitorioso, “deixou claro o anúncio de um golpe”. Ciro participou de evento com profissionais da área da saúde, neste domingo, na capital paulista.

Bolsonaro representa as forças de ultradireita neofascistas que tentam tomar o poder, no país
Bolsonaro representa as forças de ultradireita neofascistas que tentam tomar o poder, no país

Na última sexta-­feira, Bolsonaro disse em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, concedida do quarto do hospital Albert Einstein, onde se recuperou de um atentado à faca sofrido no início deste mês, que não poderia falar pelos comandantes militares, mas pelo que via nas ruas. Ele não aceitaria um resultado diferente da sua eleição.

Fraude

Bolsonaro, em posterior entrevista, reiterou que a única possibilidade de vitória do PT viria pela “fraude”.

— Somando a fala de Bolsonaro com as declarações anteriores do vice, general Mourão, sobre a criação de uma nova Constituição, e ‘juntando lé com cré’ percebemos a iminência de um golpe — alertou Ciro Gomes.

O candidato do PDT afirmou que os extremismos entre o PT e Bolsonaro vão levar o País a uma guerra civil, como na Venezuela. Bolsonaro e Fernando Haddad (PT) permanecem na primeira e segunda colocação, respectivamente, nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência.

— Eu reagi, enquanto Haddad ficou calado — alfinetou Ciro, novamente em referência às declarações de Bolsonaro.

‘Te espero no debate’

Quanto às manifestações ocorridas, na véspera, contra o presidenciável do PSL, Ciro diz que “as mulheres brasileiras vão salvar o País desse precipício”, que seria uma eventual vitória de Bolsonaro.

— Ele já foi derrotado graças ao valor da mulher brasileira — acrescentou.

Os protestos iniciados na internet com as hashtags #EleNão e #EleNunca foram promovidos pelo eleitorado feminino.

— Bolsonaro, agora você já está de alta médica e não tem mais desculpas. Te espero hoje à noite no debate — arrematou Ciro, sobre o debate que será realizado neste domingo na Rede Record.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *