Claudionor Rosa, jornalista e historiador, morre em Resende aos 78 anos

Arquivado em: Cultura, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 29 de março de 2019 as 13:17, por: CdB

Cidade decreta luto oficial de três dias pela morte do jornalista e historiador Claudionor Rosa, curador do Patrimônio Histórico e Paisagístico e diretor do acervo do Arquivo Histórico da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda.

 

Por Redação – do Rio de Janeiro

 

A morte do jornalista e historiador Claudionor Rosa, aos 78 anos, na manhã desta sexta-feira, deixa o município de Resende, onde viveu e conquistou uma legião de amigos e admiradores, sem o seu mais destacado agitador cultural. Claudionor se destacou no resgate aos costumes, mitos e lendas de uma das regiões mais ricas, culturalmente, no Sul do Estado do Rio.

Claudionor Rosa, a partir de Resende, foi um dos grandes incentivadores da cultura na Região Sul do Estado do Rio
Claudionor Rosa, a partir de Resende, foi um dos grandes incentivadores da cultura na Região Sul do Estado do Rio

Em nota, a prefeitura local despede-se do curador do Patrimônio Histórico e Paisagístico e diretor do acervo do Arquivo Histórico da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda, onde promoveu saraus, debates, exposições, atos cívicos, e outras atividades socioculturais.

“É com grande pesar que a Prefeitura Municipal de Resende, através da Curadoria do Patrimônio Histórico e Paisagístico do Município de Resende, se solidariza junto aos familiares, amigos e à população desta cidade, em virtude do falecimento do historiador Claudionor Rosa, figura ímpar e de extrema importância na memória cultural de nossa região.

Cultura

“Agradecemos por seu excelente trabalho prestado de longa data, com extrema eficiência e dedicação ao Município. ‘A partir desta data, seu nome e sua história de vida estarão também protegidos por esta Curadoria’.

Pela importância do historiador para a nossa cidade, o prefeito Diogo Balieiro Diniz decreta três dias de luto oficial. A Cultura está de luto”, afirma a nota de pesar.

Claudionor Rosa, que nasceu no dia 13 de março de 1941, em Guianases (SP), foi colunista no jornal A Lira, nas décadas de 70 e 80. Formou-se em Direito e dedicou-se a incentivar atividades culturais, como literatura, artes, poesia, música e pesquisas históricas. Fundou o Museu da Imagem e do Som (MIS), a Associação do Samba e o Grêmio Literário de Resende.

O velório foi realizado na Capela da Santa Casa de Resende o o corpo sepultado no Cemitério do Alto dos Passos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *