COI: sete cidades expressam interesse em realizar Olimpíada de Inverno de 2026

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 3 de abril de 2018 as 12:11, por: CdB

As cidades candidatas têm considerável experiência olímpica com Calgary tendo realizado a Olimpíada de Inverno de 1988 e Sapporo a edição de 1972

Por Redação, com Reuters – de Londres:

Sete cidades expressaram interesse em realizar a Olimpíada de Inverno de 2026, disse o Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira.

Sete cidades expressaram interesse em realizar a Olimpíada de Inverno de 2026

Calgary, no Canadá; Graz, na Áustria; Estocolmo, na Suécia; Sion, na Suíça; Erzurum, na Turquia; Sapporo, no Japão, e uma candidatura conjunta das cidades italianas de Cortina d’Ampezzo, Milão e Turim estão todas no processo inicial.

As cidades candidatas têm considerável experiência olímpica com Calgary tendo realizado a Olimpíada de Inverno de 1988 e Sapporo a edição de 1972. Cortina também já foi sede dos Jogos, tendo organizado a Olimpíada de Inverno de 1956.

A partir de agora, as cidades entrarão em uma etapa de diálogo até outubro, quando o COI convidará um número não especificado dentre elas para participar da fase de candidatura que dura um ano.

Participação norte-coreana

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse a Kim Jong-un que trabalhará para conseguir que a Coreia do Norte participe dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e Pequim 2022, informou no sábado a agência estatal norte-coreana de notícias “KCNA“.

Bach “expressou sua vontade em assegurar que o COI vai cooperar com a RPDC (República Popular Democrática da Coreia, nome oficial do país); na preparação a longo prazo para sua participação” nos Jogos Olímpicos; assim como “impulsionar o desenvolvimento dos esportes na RPDC usando de maneira pró-ativa” eventos esportivos internacionais.

Isso foi transmitido por Bach diretamente a Kim, durante um encontro; em Pyongyang, onde o alemão iniciou na quinta-feira uma visita de três dias que se encerrou neste sábado.

COI

O líder norte-coreano agradeceu a predisposição de Bach e ao COI pela atenção emprestada aos atletas norte-coreanos que participaram dos Jogos de Inverno em PyeongChang, no mês passado; dizendo que eles não foram apenas “bem-sucedidos”; mas que “abriram um novo capítulo de concordância entre o norte e sul”.

– As relações que antes estavam congeladas entre Norte-Sul, receberam uma temporada dramática de desgelo com os Jogos; como impulsores e foram totalmente atribuídas aos esforços do COI; que ofereceu uma oportunidade e abriu o caminho para isso – disse Kim, segundo a “KCNA“.

O líder norte-coreano expressou seu desejo que a cooperação entre o país e o COI evolua “favoravelmente”; e que o órgão ajude a desenvolver e melhorar vários eventos esportivos internos.

Kim “convidou calorosamente ao presidente do COI para; que visite com frequência a Coreia do Norte como um amigo”.

 Estiveram presentes na reunião o considerado número dois do regime; Choe Ryong-hae, o presidente do Comitê Nacional de Planejamento Esportivo, Choe Hwi; e o ministro dos Esportes norte-coreano, Kim Il-guk, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *